por Luís Roberto Formiga

Troca de estilos entre o surf e o skate gera mais um fruto: a Hosoi Hammerhead surfboard

O surf com o estilo do skate nunca esteve tão presente, vale lembrar que no passado o inverso era a realidade. O primeiro “primo” do esporte criado pelos reis havaianos foi o skate, que nasceu na Califórnia nos dias sem ondas. Os surfistas desmontavam apenas um “pé” dos patins para separar os eixos e rodas e adaptá-los a pequenos shapes de madeira. A idéia era tentar reproduzir as curvas e o posicionamento corporal do surf nas ondas, sobre os primeiros skates no asfalto e no concreto.

Mas nos anos 80/90 com a diminuição dos tamanhos e peso das pranchas, alguns skatistas/surfistas como o ícone Cristian Fletcher iniciaram as manobras aéreas e com pegadas (grabs), exatamente com o mesmo nome das manobras do skate. Mute airs, indy grabs, lien airs e até twists começaram a mostrar o novo caminho do surf moderno.

Dois nomes que fizeram parte da história do skate e se tornaram profissionais que carregaram consigo o status de estrelas dos esportes radicais, Tony Alva e Christian Hosoi. Eles inventaram nos bowls e piscinas manobras que dominaram os esportes de pranchas, além do surf o snowboard e wakeboard principalmente.

Com o passar do tempo esses mestres do “carrinho” visualizaram mais um estágio da influência no surf. Nesse crosssport agora o foco é reproduzir não só as manobras, mas a forma de surfar e o formato das pranchas.

Muito parecidas com um shape de skate essas pranchas não têm o bico, o fundo é bem plano e a rabeta bem larga. A ideia é diminuir o tamanho porém mantendo uma boa área de flutuação, as bordas paralelas dão muita projeção o que garante ao surfista velocidade para passar as sessões das ondas com muitas possibilidades de manobras.

Já Christian Hosoi, o skatista que revolucionou o skate nos anos 80 colocando muita amplitude nas manobras aéreas principalmente, inovou fazendo pranchas no formato de um shape de skate histórico, o Hammerhead, que lembra um tubarão martelo. Esse clássico de sucesso do skate oldschool agora pode ser visto também em alguns picos de surfe da América do Norte. O tubarão martelo de Hosoi volta pro mar em forma de prancha de surf.

De formato duvidoso para uma prancha de surf, no pé de quem entende do assunto até que surpreendeu.
Essas pranchas bem pequenas de tamanho 4’11’’ parecem bem divertidas e com certeza merecem atenção afinal a troca de estilos entre os dois esportes é natural e bem vinda na evolução dos boardsports.

Veja no vídeo:

matérias relacionadas