por Luiz Filipe Tavares

Kitesurfistas encaram condições tensas para sessão em meio ao furacão em Aruba

Entre os dias 22 e 31 de outubro desse ano, o Furacão Sandy causou pelo menos US$ 52 bilhões em prejuízos entre o Caribe e a costa leste dos Estados Unidos. Com isso, o furacão de categoria 2 entrou para a história como a segunda tempestade mais cara de todos os tempos e no maior furacão formado no Oceano Atlântico de que se tem notícia. Jamaica, Haiti, República Dominicana, Cuba, Bahamas, Bermuda e dez estados americanos foram atingidos, com cerca de 230 vítimas fatais em todos os territórios por onde a tempestade passou.

Mas um time de kitesurfistas destemidos que estavam ancorados em Playa Linda, noroeste de Aruba, não evacuou a ilha ou temeu os fortes ventos de Sandy. Ao invés disso, correu para o mar e registrou em vídeo uma sessão assustadora de surf nas águas agitadas do mar do Caribe. Com as câmeras rodando, Alex Fox, Aaron Abel, Billy Bosch, Alex Bloechinger, Jeff Urfer, Oliver Berlic, Matt Sexton, Hamish MacDonald e Kate Steelie se arriscaram e foram recompensados com um grande dia de surf.

O vídeo foi gravado em condições complicadas pelo diretor Matthew Blew e editado por Oliver Berlic. Veja no player abaixo e prenda a respiração com esses kitesurfistas de furacões.

Vai lá: www.vimeo.com

matérias relacionadas