por Marília Kodic
Trip #178

O australiano Ian Fieggen tornou-se uma autoridade mundial em amarrar cadarços de tênis

 

O australiano Ian Fieggen tornou-se uma autoridade mundial em uma atividade cotidiana para bilhões de pessoas: amarrar cadarços de tênis. Tudo começou numa manhã de 1982: “Num intervalo de meia hora quebrei a ponta de um cadarço, refleti sobre o porquê de ser sempre aquele lado que quebrava, concluí que era porque os dois lados eram usados de maneiras diferentes e inventei um jeito de amarrar simetricamente”. Jeito esse que mais tarde seria chamado de Nó Ian e considerado o laço mais rápido do mundo. Depois de pesquisar sobre o assunto, decidiu usar seus conhecimentos em computação gráfica para criar um site com diagramas explicativos de como amarrar os tênis de modos seguros e criativos. “Por exemplo, o Laço Militar é usado em botas do exército por ser confortável e de fácil remoção. Já o Pentagrama, que forma uma estrela, é puramente decorativo.”

 

Vai lá: www.shoe-lacing.com

 

matérias relacionadas