por Juliana Carletti
Trip #199

Até o final de 2011, Brasil deve ter o seu primeiro Partido Pirata

 

 

Até o fim deste ano, o Brasil deve ter seu primeiro Partido Pirata. O movimento político – que prega o livre acesso à informação e à cultura e o compartilhamento de arquivos – começou na Suécia, em 2006, e logo se espalhou pela Europa (na Alemanha, por exemplo, o partido tem 32 representantes eleitos). Neste momento, um grupo brasileiro formula o estatuto do partido no país, para que entre em votação em novembro, em seu segundo encontro nacional. Depois disso, eles recolherão 101 assinaturas para a fundação do partido e criarão um canal de arrecadação de verbas em seu site (http://partidopirata.org/) para publicar a notícia no Diário Oficial. Jhessica Reia, representante do movimento no Brasil, conta que uma das bandeiras do futuro partido será a reformulação da lei de direito autoral. Entre suas propostas, está a redução do prazo para que uma obra caia em domínio público: dos 70 anos da lei atual para cinco anos.

matérias relacionadas