por Fernando Costa Netto

O repórter especial Fernando Costa Netto entra de gaiato no escritório do presidente Iasser Arafat

DE GAIATO NO ESCRITÓRIO DE ARAFAT Antes de seguir para Ramallah, estive na Faixa de Gaza, um dos lugares conhecidos como território ocupado. É terrível a situação. Gaza parece uma grande prisão. Só há uma entrada de acesso. Viajei uma hora e meia de Jerusalém até chegar até um check point israelense, caminhar 15 minutos por uma zona neutra, até ganhar o check point palestino e então cair para dentro.Confesso que estava curioso para conhecer o lugar que tantas vezes li a respeito nos jornais. Um dia antes, em retaliação a um atentado suicida árabe, o exército israelense despejou poderosas bombas sobre um escritório naval palestino. A imagem era desoladora, não havia pedra sobre pedra. Felizmente ninguém morreu, mas cerca de uma dúzia de soldados seguiram para o hospital.Bem, em Gaza havia marcado uma entrevista com um cara de 24 anos chamado Muhammad El Cheiff. Muhammad é o craque da seleção nacional da Palestina. Joga com a camisa 10, é o goleador do time. Dizem por aqui que ele trabalha muito bem com a cabeça e é conhecido como silver head, que traduzindo quer dizer cabeça de prata. Entrei no carro dele e seguimos guiando para algum local. Como ele não falava inglês e eu não entendo árabe, ficamos mudos até chegar num prédio estranho e cheio de militares.Lá descobri que a entrevista seria no escritório do presidente Yasser Arafat com o próprio secretário do presidente palestino servindo como tradutor. A história incrível do Muhammad, craque de bola palestino simpático pra caramba vocês vão conhecer logo mais numa edição da TRIP. Aguardem.O repórter Fernando Costa Netto viaja a convite da Lufthansa, Linhas Aéreas Alemãs.Fale com ele: fcnetto@uol.com.brMais boletins: Boletim I: Check in - 18/05Boletim II: Paz - a perder vista - 19/05

matérias relacionadas