por Redação

Na semana final da primavera, não apenas um, mas dois swells estão garantidos para o verão

Cadastre-se e receba os boletins sempre quentinhos no seu email: www.ldsurf.com.br

Dá-lhe chuva! Em plena véspera do verão, o swell n.8 veio com cara de inverno fora de época. Dentro do esperado, foi acompanhado de muita água, queda de temperatura e ventos desfavoráveis, o que prejudicou bastante seu aproveitamento.

Na semana final da primavera, que acaba em dia 21 de dezembro (dia com mais tempo de luz do ano, quando também começa o verão) Netuno aduba o Atlântico Sul com nitroglicerina e garante não apenas um, mas DOIS SWELLS sequenciais!

Swell nº9

O primeiro deles foi gerado pelo sistema que trouxe as temperaturas mais baixas do RS para o mês de dezembro em quase 30. Trata-se do reforço sinalizado para o fim desta semana, que se confirmou em mais uma poderosa e rápida ondulação de sul (swell n.9), com ápice previsto para a madrugada de 5ª para 6ª e potencial para passar fácil de dois metros nos picos mais expostos de sul a sul/sudeste (portanto a tarde de 5ª e manhã de 6ª devem ser os maiores momentos). Poderia ser muito maior, mas devido a seu ângulo de entrada a parte mais intensa passa por fora, como tantos outros já fizeram. Ainda assim, seu período de pico em torno de 14/15s é bastante expressivo e deve garantir surf de responsa nos mais expostos e pode surpreender quanto a intensidade da ondulação – Maresias, por exemplo, deve apresentar séries de ao menos 2,5m. Nossa impressão é que será mais aproveitável que a outra bomba de sul que tivemos neste mês, e baixará igualmente rápido. Aproveite.

Swell nº10

O segundo e derradeiro swell (n.10) será gerado por um grande anticiclone com baixa/ moderada intensidade que começa a se formar nos próximos dias, trazendo ondas de leste mais modestas (cerca de 1m, baixando lentamente e até 3a) com indícios de boa formação. Ou seja, as ondas não vão parar até o final da estação, com um swell “colando” no outro e momentos de intersecção (combos) em diversos momentos. Vale destacar que esse swell deverá ser bem mais intenso no litoral de SC, onde as ondas podem bater ou até passar de 2m de leste nesta 6a.

Felizmente, um novo e amplo centro de alta pressão volta a atuar sobre nossos mares, devendo garantir condições climáticas progressivamente mais favoráveis. O pacote inclui recuperação das temperaturas, diminuição das chuvas (ainda pode chover forte de 4ª para 5ª) e até mesmo a volta do sol (mais garantido no domingo). Além disso, traz o mais importante para o surf: ventos BEM mais amenos e indicação de momentos de NE a NW, o que deve ajudar na qualidade das ondas!       

Quem diria... quase no verão e o surf segue bem ativo! Travessuras da menina gelada do Pacífico (La Niña) associadas às mudanças causadas pela tendência de aquecimento global são alguns dos suspeitos, mas quem seriam os culpados? Investigações a parte, vamos ao lado bom da lambança causada no clima de nosso pobre planeta: o surf está de pé! 

Previsão do tempo

A frente fria que chegou no início da semana trouxe uma intensa queda de temperatura (para o mês de dezembro) nos lembrando que esta primavera realmente foi mais fria que a média, especialmente nos seus dois primeiros meses. As temperaturas vão se recuperar lentamente e certamente estará bem mais quente no fim de semana, quando o calor já deverá voltar a dominar. A chuva também deve diminuir após a manhã de 5ª, mas ainda assim persiste o risco diário de pancadas durante a tarde e/ ou noite. No longo prazo, há sinalização de chuvas mais intensas apenas entre 4ª e 5ª da próxima semana, sem nada confirmado. Finalmente, o sol pode surgir entre aberturas no sábado, e no domingo parece ficar firme de vez, devendo se prolongar até a próxima 3ª.

 

 

Resumo

LIQUID DREAMS

Condições predominantes para o litoral de São Paulo

Dia

Tempo

Ventos     

Ondas

Direção e Período

Tendência

 

 

 

 

 

 

QUI

Encoberto com chuva intensa pela manhã. Temperatura em elevação. À tarde a chuva tende a diminuir bastante

Sudeste moderado pela manhã, aliviando à tarde e virando para sudoeste (mapas não estão em consenso. Pode girar, mas de qq forma o período da tarde deve ser o mais calmo)

1 a 1,5m, subindo e devendo bater ou passar de 2m+ de sul até o fim de tarde

sudeste

O swell n.9 começa a encostar durante a tarde, as ondas sobem e ganham influência de sul

16

8s

dez

Primário, baixando

 

 

 

Sul

 

13 a 15s

 

Subindo rápido

Destaques

A 5a deve marcar a transição entre o complicado swell n.8 e a chegada do rápido e potente swell n.9. Pela manhã as ondas já poderão apresentar alguma reação em relação à 4a, mas ainda há indicação de ventos moderados de sudeste junto com chuva. Ao longo do dia o vento deve acalmar e pode girar, inclusive com possibilidade de algum terralzinho, além da redução significativa no volume de chuva. Ou seja, o cenário tende a melhorar justamente quando o novo swell de sul começa a ganhar pressão de modo mais significativo. Ao longo da tarde o período máximo deve dar um salto para até 16s, o que, acompanhado da maré secante, deve se traduzir em séries demoradas bem definidas, potentes e potencialmente tubulares. Boa parte dos picos tende a fechar bem mais que o normal, e a melhor saída pode ser os alternativos (ou tow in). O fim de tarde deve bater, no mínimo 2m nos picos mais expostos de sul a sul/sudeste – mas há potencial para mais!. Como o  ápice deve vir na madrugada que segue, este fim de tarde merece atenção especial pois PODE SER O ÁPICE da BOMBA!

 

 

 

 

 

 

SEX

Encoberto com possíveis aberturas. Ao longo da tarde esquenta mais e tende a chover entre a tarde e a noite

SEM VENTO pela manhã, brisa sudeste ao longo do dia e leste/nordeste fraco a moderado no fim de tarde

1,5 a 2m, com os tops de sul podendo quebrar séries ainda maiores pela manhã

Sul

ALTAS, pouco ou nenhum vento e chance de sol. Perde pressão ao longo do dia

17

13 a 16s

dez

Primário

 

 

 

Sudeste

 

9s

 

Secundário, estável

Destaques

Como o ápice desta rápida ondulação (que na verdade é apenas uma "casquinha" do swell principal que passa mais por fora) deve ocorrer nesta madrugada, a indicação é focar no zero hora e pegar a maré enchendo, sem vento e o momento mais intenso do dia! A direção preferencial é sul a sul/sudeste, mas deveremos ter ondas em quase todos os picos (ainda que menores em alguns deles) em função de fatores como a refração e difração - característicos de groundswells. Ao longo do dia o mar perde pressão, mas as lascas continuarão lá. Os ventos não sinalizam grande atividade, podendo rolar uma brisa sudeste que tende a virar para leste até o fim do dia, o que seria ótimo para os picos de sul. Aproveite, pois este pode (e deve) ser o último dia com potencial para 2m até o fim do ano. 

 

 

 

 

 

 

SAB

Parcialmente encoberto, com elevação de temperatura. Risco de chuva leve e persistente

Padrão positivo para a maioria dos picos. Predomínio do quadrante norte (NE a NW) com fraca a moderada intensidade.

1m de sudeste

Leste/ sudeste

 Mais intenso e ainda c/ sul pela manhã. Perde pressão e ganha inf. de leste ao longo do dia, já com o swell n.10 na área

18

9s

dez

Primário, estável

 

 

 

Sul

 

12s

 

Secundário, caindo

 

 

 

 

 

 

DOM

Predomínio de SOL e muito calor! Apenas risco de garoa leve e passageira

Noroeste fraco pela manhã, com eventuais momentos de sudeste ao longo do dia, especialmente se o sol estiver firme. No fim do dia tende a virar para leste/ nordeste

1 metro de leste/ sudeste

Leste/ sudeste

Vira quase que totalmente para leste e mantém razoável pressão. Melhor nos picos de leste

19

9s

dez

Estável

 

 

 

Sul

 

11s

 

Quase morto

 

 

 

 

 

 

SEQUÊNCIA:

A primavera se despede com ondas limpas de leste

As ondas devem ficar por volta de meio a um metro de leste na segunda, com poucos ventos e sol. Já na terça, último dia da primavera e início do verão, o mar deve perder mais pressão, ainda com meio metro/ metrão de leste.

Por enquanto é isso! Aproveite porque nossa bola de cristal não anda muito animada com o longo prazo.

Abraço e bom fim de semana a todos!

Liquid Dreams
www.ldsurf.com.br
Twitter: @liquidsurf

fechar

Entre em contato
com a trip


fale conosco

PABX +55 (11) 2244-8747
Caixa Postal: 11485-5
CEP: 05414-012
São Paulo - SP

atendimento ao assinante

SP (11) 3512-9465
BH (31) 4063-8433
RJ (21) 4063-8482
das 09h às 18h
assinaturas@trip.com.br
 CENTRAL DO ASSINANTE 

ou se você preferir:

e-mail inválido!
mensagem enviada!
fechar

Assine


E leve ousadia, moda, irreverência,
comportamento, inspiração.
Tudo isso com coerência, profundidade
e um olhar que só a Trip tem.

trip

Desconto de 25%

1 ANO
11 edições
R$ 98,18
6 x R$ 16,36

Capa Conceito

assinar

1 ANO
11 edições
R$ 98,18
6 x R$ 16,36

Capa Trip Girl

assinar

trip

Grátis um super relógio

2 ANOS
22 edições
R$ 261,80
6 x R$ 43,63

Capa Conceito

assinar

2 ANOS
22 edições
R$ 261,80
6 x R$ 43,63

Capa Trip Girl

assinar
fechar