por Millos Kaiser
Trip #192

O fotógrafo Eduardo Zappia viajou até SC para registrar o snowboard em território nacional

Não é todo dia que neva em Santa Catarina. Na verdade, do jeito que nevou no último 5 de agosto, com até 30 cm de gelo acumulado em alguns locais, fazia mais de dez anos que não acontecia.

O fenômeno fez o fotógrafo Eduardo Zappia madrugar e dirigir quase três horas de Florianópolis até Urubici, ponto mais alto do Estado, onde o espetáculo seria maior. Chegando lá, um carro parado com The Doors bombando no som capturou sua atenção. Era a trilha sonora para a cena inusitada que você confere nesta página. Isso mesmo, snowboard no Brasil. “A gente nunca tinha visto neve, fomos pra isso. Levamos a prancha de sandboard por levar, nem pensamos muito”, diz o estudante Vitor Patto, que pode ter sido o primeiro brasileiro a praticar o esporte em território nacional.

“Tinha gente colocando neve na Coca-Cola, fazendo boneco em cima dos carros. De tarde nevou de novo e uma senhora começou a chorar. Ela tinha vindo do Mato Grosso de avião e fretado uma caminhonete só para presenciar aquilo. Todos se abraçaram, foi bem legal”, conta o professor de windsurf Cláudio Dilmo, que não conseguiu fazer snowboard, como seu amigo Vitor, porque estava de pé quebrado. A alegria só acabou quando os militares chegaram. O morro da Igreja, maior – e único – pico de snow do Brasil até agora pertence ao exército.

 

matérias relacionadas