Fenômeno aos 15 anos

por Caio Ferretti

Andrigo saiu das categorias de base do Inter e recebeu propostas de grandes times europeus

O jovem Andrigo, 15 anos, saiu das categorias de base do Internacional de Porto Alegre e deve fechar com o Barcelona nos próximos dias. Manchester United e Inter de Milão também assediam o craque teen. Falamos com o fenômeno e mais 3 revelações que podem vestir a amarelinha em um futuro próximo. Você vê tudo isso na Trip de outubro.

 

Quando ouvi pela primeira vez o nome de Andrigo Araújo, há dez dias, ele era apenas uma promessa do futebol conhecido basicamente por jornalistas esportivos do Rio Grande do Sul. Eu, que tentava descobrir quais seriam os futuros craques brasileiros para uma reportagem da Trip (veja matéria na edição de outubro), resolvi pesquisar um pouco mais sobre o menino de 15 anos, então jogador do Inter de Porto Alegre. Artilheiro da Copa Sul-americana aos 12 anos, do Campeonato Gaúcho ao 14 e da Copa Nike (uma espécie de Brasileirão) este ano, parecia questão de tempo até Andrigo se tornar um jogador conhecido nacionalmente.

Hoje ele se tornou a revelação do Inter. Mesmo estando ainda nas categorias de base, estampou a primeira página do jornal Folha de S. Paulo desta terça-feira. Depois de receber propostas de clubes europeus como Manchester United, Manchester City, Udinese, Inter de Milão e Barcelona o garoto teria decidido deixar Porto Alegre para se transferir ao time espanhol. De fato Andrigo não está mais treinando com o colorado desde a semana passada. Também deixou o alojamento do Inter onde vivia e voltou para a casa dos pais em Estrela, no interior do Estado. Ainda assim, pessoas ligadas ao jogador e ao clube gaúcho negam que sua saída já esteja acertada.

Andrigo começou cedo, ao sete anos, jogando futebol de salão em um time de Estrela, sua cidade. “Fui influenciado pelo meu irmão mais velho. Na época eu jogava em uma categoria três anos acima da minha”, lembra. Aos 11, quando já estava desfilando sua habilidade no campo, chamou a atenção dos diretores do Internacional e recebeu a proposta: fazer as malas e se mudar para o alojamento do clube em Porto Alegre. Ali a estante de troféus de Andrigo começou a ficar apertada. Foram vários prêmios de melhor jogador e de artilheiro nos campeonatos que disputou. E as antenas dos empresários europeus que já estavam captando os sinais de Andrigo ficaram ainda mais aguçadas quando ele esteve este ano na Inglaterra no mundial de clubes sub-15.

Choveram propostas internacionais. E elas não foram o único assunto que chegou aos ouvidos do craque mirim. “O pessoal aqui do Inter comenta muito que eu vou ser chamado para seleção brasileira de base. Mas eu nem me importo muito com isso agora, o importante é ser chamado para seleção principal”, diz. E acredita que estará lá em 2020? “Já pretendo ter disputado duas Copas.”


Veja alguns gols de Andrigo na Copa Nike deste ano, quando foi artilheiro e classificou o Inter para o mundial de clubes sub-15 na Inglaterra

fechar