por Carlos Sarli
Trip #187

Jadson André vence etapa brasileira esbanjando manobras aéreas e sobe para 4º no ranking

Estreante no Tour da ASP Jadson André vence etapa brasileira esbanjando manobras aéreas e sobe para quarto no ranking

Ouvindo os locutores da transmissão oficial do site da ASP pronunciarem com sotaque o nome de Jadson Andre, a associação com os Jetsons, aqueles mesmos da família do desenho animado, foi inevitável. Especialmente ao vê-lo no espaço, voando, com seu surfe futurístico.Jadson, 20, venceu com todos os méritos o Billabong Pro Santa Catarina 2010, terceira etapa do Mundial encerrada ontem na praia da Vila em Imbituba, e com o resultado subiu para a quarta posição no World Title Race.

Em sua primeira temporada no Tour, Jadson conquista um resultado raro para um estreante, e, para dar ainda mais brilho ao feito, seu adversário na bateria decisiva foi Kelly Slater, nove vezes campeão do mundo e defensor do título da etapa, que venceu em 2009 na final contra Adriano Mineirinho, colega de equipe (Oakley) de Jadson.Duas vezes vice-campeão mundial pro junior Jadson ingressou na elite com o terceiro lugar no ranking de acesso (WQS) conquistado no ano passado. Potiguar de Natal ele mora no Guarujá e treina com Luiz Henrique Campos, o Pinga, que também é técnico de Mineirinho, atual oitavo no ranking.Acostumado às competições, Jadson, ao que parece, está se adaptando rapidamente à pressão que é competir entre os melhores do mundo. Na final, Slater usou toda a experiência e saiu na marcação do brasileiro, que não se intimidou e logo foi mandando aéreos, sua especialidade. Os dois variaram na liderança e até os segundos finais da bateria a disputa estava em aberto. Quando a sirene soou o placar marcava 14,40 X 14,00 para o brasileiro.

A etapa deixou ainda mais evidente que a nova geração está disposta e preparada para surpreender neste ano de mudança de formato no Tour. Três dos quarto semifinalistas fazem parte desse grupo: Dane Reynolds, Owen Right, que também é estreante, além de Jadson. E Jordy Smith, quinto na etapa, já é o segundo no ranking, superando o até então embalado Taj Burrow.Para Slater o resultado valeu a volta ao topo do ranking, posição que não ocupava desde 2008. Para nós brasileiros, mais um bom motivo para torcer.

BIG SURFE
Sábado, um dia depois da premiação do Billabong XXL, no qual comemorou a quarta vitória da parceira Maya Gabeira, Carlos Burle foi confirmado como campeão do primeiro Circuito Mundial de Ondas Grandes. Ele chegou às finais das quatro provas que pontuaram: Punta Lobos (Chile), Pico Alto (Peru), Mavericks (EUA) e Todos os Santos (México). Para esta temporada uma quinta etapa em Nelscott Reef, Oregon (EUA), está confirmada.

MUNDIAL DE LONGBOARD
Chloé Calmon, de apenas 15 anos, será a única brasileira entre as 32 competidoras que decidirão o título em julho na França.

 

matérias relacionadas