por Hector Lima

Quadrinista Mário César busca financiamento coletivo para HQ com temática LGBT

Histórias de relacionamento há muitas por aí, inclusive em Quadrinhos. As que são ambientadas no universo gay existem em quantidade bem menor. Amor é amor, nada mais normal, antigo, bonito e natural – como qualquer outro. O que muda nesse contexto específico são outros fatores – dos quais muita gente se distancia por medo. Assim essas pessoas continuam desconhecendo, recriminando, condenando e até combatendo.

Pra se expressar e refletir sobre essas questões, ou simplesmente contar histórias foi que Mário César (EntrequadrosPequenos HeróisFront) resolveu produzir Ciranda da Solidão. Trata-se de um álbum de quadrinhos com várias histórias sobre amor e abrir uma campanha de financiamento coletivo no Catarse para a produção e impressão. Ele explica mais sobre o que vai ter no livro:

"Cada história é protagonizada por personagens de diferentes faixas etárias abordando desde a descoberta da sexualidade e as inseguranças na adolescência, até o amadurecimento e dificuldades da vida adulta e da velhice. Uma das histórias do livro é autobiográfica e narra como eu conheci meu namorado. Outra história mostra um adolescente inseguro com sua orientação sexual e lidando com as transformações que seu corpo está sofrendo. A história que dá título ao livro, Ciranda da Solidão, é sobre a eterna busca por uma cara metade. A quarta história fala sobre as complicações do fim de um relacionamento de longa data. Já a última história conta a história de um velho ranzinza que sofre do mal de Alzheimer e que luta para não perder as memórias do grande amor de sua vida."

O financiamento coletivo funciona como uma pré-venda: existem vários valores; cada um dá direito a um pacote diferente de produtos [o livro e mais outros brindes]; é só escolher um e colaborar. Mas para isso acontecer o valor mínimo precisa ser atingido daqui a alguns dias. Uma prévia do livro pode ser vista aqui.

Vai lá: http://catarse.me/pt/ciranda.

(*) Hector Lima é redator e roteirista e escreve para o blog www.hectorlima.com


matérias relacionadas