O poder da conexão para lidar com transtornos mentais

por Redação

O Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo. O cientista Daniel Martins de Souza e a atriz Maria Ribeiro discutem como quebrar esse ciclo com conexão e informação de qualidade

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde de 2019, o Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo: 18,6 milhões de brasileiros. Isso quer dizer que 9,3% da população sofrem do transtorno. Quando o assunto é depressão, a notícia não é muito melhor: a doença atinge 5,8% da população. Isso significa que quase 12 milhões sofrem desse mal. O pior é que, mesmo com números tão altos e consequências tão graves para o indivíduo, para sua família e para sociedade, os transtornos mentais ainda são cercados de muitos mitos, ignorância,tabus e muita vergonha.  

Pra quebrar esse ciclo, conexões e acesso à informação de qualidade são essenciais. Para falar sobre isso, Stevens Rehen recebe Daniel Martins de Souza, biólogo e especialista em metabolismo, e a atriz e escritora Maria Ribeiro para uma conversa franca e aberta.

Daniel desenvolve projetos para entender melhor as especificidades do cérebro de pacientes que sofrem de esquizofrenia e depressão, ajudando na compreensão da biologia desses distúrbios. “As desordens psiquiátricas são as mais debilitantes da humanidade. Uma pessoa que tem depressão e esquizofrenia pode perder até 30 anos da vida dela de maneira improdutiva, não só do ponto de vista econômico, mas social também. Isso não acontece com uma pessoa que tem câncer, por exemplo, ou com uma pessoa que tem doenças cardiovasculares. Elas são sim privadas com um tempo de tratamento, mas, no geral, os tratamentos são mais efetivos, mais assertivos, muito porque a gente investe em entender como essas outras doenças acontecem”, afirma.

Confira: todos os episódios do podcast Trip com Ciência

Na conversa, a atriz e escritora Maria Ribeiro também falou da sua luta contra a ansiedade e síndrome do pânico e da experiência em abordar esses assuntos na televisão com leveza e transparência, ajudando a desmistificar o tema e a melhorar a forma como a sociedade acolhe quem sofre desses males. "Eu vou dizer que eu sou incrível? Eu não. Vou contar das minhas fraquezas, que depois você consegue até transformar em arte, em uma ferramenta de força”, conta Maria, que também acredita que a ciência aproximar seu discurso do da sociedade para que as pessoas percebam sua utilidade. "Uma das maneiras da gente atrair as pessoas é que elas vejam utilidade no discurso. A ciência é útil pra gente o tempo inteiro. A gente não vive sem ciência”, reforçou.

Você pode conferir o episódio no play abaixo, no Spotify ou onde quer que você escute seus podcasts.

fechar

Entre em contato
com a trip


fale conosco

PABX +55 (11) 2244-8747
Caixa Postal: 11485-5
CEP: 05414-012
São Paulo - SP

atendimento ao assinante

SP (11) 3512-9465
BH (31) 4063-8433
RJ (21) 4063-8482
das 09h às 18h
assinaturas@trip.com.br
 CENTRAL DO ASSINANTE 

ou se você preferir:

e-mail inválido!
mensagem enviada!
fechar

Assine


E leve ousadia, moda, irreverência,
comportamento, inspiração.
Tudo isso com coerência, profundidade
e um olhar que só a Trip tem.

trip

Desconto de 25%

11 edições
R$ 98,18
6 x R$ 16,36

Capa Conceito

assinar

11 edições
R$ 98,18
6 x R$ 16,36

Capa Trip Girl

assinar

trip

Grátis um super relógio

22 edições
R$ 261,80
6 x R$ 43,63

Capa Conceito

assinar

22 edições
R$ 261,80
6 x R$ 43,63

Capa Trip Girl

assinar
fechar