por Redação

Saindo de Luther King e chegando ao presidente Obama, uma linha do tempo em forma de arte

 

Próxima segunda-feira (25/01) se encerra no Museu Afro Brasil a exposição Eu Tenho um Sonho: De King a Obama – a Saga Negra do Norte. A mostra teve início em novembro, com a curadoria de Emanoel Araujo e conta a trajetória negra no continente norte-americano, de Mather Luther King ao atual presidente: Barack Obama. 

Para participar da exposição o curador convocou artistas plásticos que produziram especialmente para a mostra, são eles: Antonio Helio Cabral, Antonio Peticov, Ivald Granato, Claudio Tozzi, Florian Raiss, Helena Sardenberg, Melim, Newton Mesquita, Onesto e George Preston. A mostra reúne fotos, textos, caricaturas, objetos de campanha e cartazes que retratam a luta pelos direitos civis do negro norte-americano.

A Trip conversou com Emanoel Araujo, diretor curador do Museu Afro Brasil sobre a exposição:

Qual sua principal motivação, por trás da exposição?
O objetivo foi que o maior número de pessoas acessasse um pouco dos processos de inclusão e exclusão da população negra numa perspectiva comparativa entre os EUA e o Brasil. Além disso, é um tema oportuno, pois a recente eleição do presidente negro, Barack Obama, cerca de quatro décadas após o fim do regime de segregação racial e a invisibilidade e dificuldades do negro brasileiro para ascender socialmente, mostram como as realidades destes países divergem e convergem em oportunidades sociais, educacionais e culturais, além do acesso jurídico e político das camadas pobres e negras da população.  Isto pode ser comprovado com esta exposição.

A quem você destina a exposição?
O nome já diz. Museu Afro Brasil, sempre estará aberto para que o brasileiro, negro ou não-negro, encontre a verdadeira história, a tanto tempo negada e não contada nas escolas. O Museu Afro Brasil se propõe a re-visitar a história e  passar a limpo nossa memória, para interrogar-nos sobre a formação de nossa sociedade e de nossa cultura, fazendo-o, porém, da perspectiva do negro, a partir do olhar e da experiência do próprio negro. Não reconhecer ao negro o direito a esse lugar, negar a importância de sua contribuição, que perpassa todas as manifestações culturais do Brasil, seria passar um mata-borrão sobre uma saga de mais de cinco séculos de história e de dez milhões de africanos triturados na construção deste país.

Como seu deu a escolha dos artistas convidados?

São artistas de renome e que fazem parte da trajetória de cinco anos de existência do Museu Afro Brasil. Além disso, temos o prazer de contar com as 100 imagens dos fotógrafos da Associação Exposure Group (EG), fundada por fotógrafos afro-americanos e do fotógrafo pessoal do Obama, o Pete Souza. Oito desses fotógrafos estiveram no Brasil para a abertura da Exposição e saíram impressionados com o trabalho que realizamos e com a riqueza que este Museu preserva.

Eu Tenho um Sonho: De King a Obama – a Saga Negra do Norte
Quando: terça-feira a domingo, das 10h às 17h
Onde: Museu Afro Brasil (Rua Pedro Álvares Cabral, s/nº, Pavilhão Manoel da Nóbrega, Parque do Ibirapuera, portão 10, Ibirapuera, São Paulo, São Paulo)
Quanto: grátis

fechar

Entre em contato
com a trip


fale conosco

PABX +55 (11) 2244-8747
Caixa Postal: 11485-5
CEP: 05414-012
São Paulo - SP

atendimento ao assinante

SP (11) 3512-9465
BH (31) 4063-8433
RJ (21) 4063-8482
das 09h às 18h
assinaturas@trip.com.br
 CENTRAL DO ASSINANTE 

ou se você preferir:

e-mail inválido!
mensagem enviada!
fechar

Assine


E leve ousadia, moda, irreverência,
comportamento, inspiração.
Tudo isso com coerência, profundidade
e um olhar que só a Trip tem.

trip

Desconto de 25%

11 edições
R$ 98,18
6 x R$ 16,36

Capa Conceito

assinar

11 edições
R$ 98,18
6 x R$ 16,36

Capa Trip Girl

assinar

trip

Grátis um super relógio

22 edições
R$ 261,80
6 x R$ 43,63

Capa Conceito

assinar

22 edições
R$ 261,80
6 x R$ 43,63

Capa Trip Girl

assinar
fechar