por Camila Eiroa

Food activist e curadora da exposição Vestígios, que fala sobre a relação do homem com os alimentos, Tainá Guedes e dá dicas para melhorar o desperdício de alimentos em escala global

Tainá Guedes, 38, é uma food activist, como ela mesma se define. Enquanto se dedica a escrever seu segundo livro, 'Minha cozinha e a arte de não desperdiçar', é responsável pela curadoria da exposição Vestígios, ao lado de Daniel Rangel. A mostra apresenta uma reflexão sobre a relação do homem com o alimento, enfatizando a questão do desperdício. Tainá, além de artista, também tem a gastronomia em sua história — fundou o restaurante Nakombi, em São Paulo.

"Percebi que muitas vezes o desperdício incomoda as pessoas. Os trabalhos selecionados fazem parte de um diálogo sobre essa questão desde a nossa relação com a terra e com os alimentos, nossos hábitos como consumidores, até a questão ética e emocional", diz. Para ela, a alimentação e a arte sempre estiveram em diálogo, seja como registro cotidiano ou em contextos sagrados e mitológicos. "A arte tem um papel muito importante em identificar as diversas crises que estamos vivendo."

Brasileira morando em Berlim, é a primeira exposição que faz em sua terra natal. Tainá defende a ideia de que, quando falamos em desperdício, é importante ter uma visão global e não sectária. "Apesar de ser importante falarmos sobre os problemas locais, o que nós comemos ou deixamos de comer no Brasil (ou em qualquer outra parte do mundo), afeta o meio-ambiente, a vida de pessoas e animais, a política e economia mundial", acredita.

A artista enumera pequenas mudanças que podem acontecer em escala global para melhorar este cenário:

  • Planejar o que vamos comer (semanalmente, ou diariamente)
  • Comprar conscientemente, isso significa comprar o suficiente para nos alimentar (uma geladeira vazia pode ser também uma geladeira sustentável!)
  • Apoiar produtores locais e orgânicos, comprando diretamente deles (evitando assim o desperdício de alimentos no transporte, na produção e na embalagem)
  • Compartilhar o alimento que temos em excesso: Fez uma festa e sobrou um monte de comida? Dê ao vizinho, família e/ou aos próximos
  • Reuse, reduza e recicle seu alimento
  • Se engaje! Faça parte de iniciativas que trabalham para evitar o desperdício, ajudando a criar comunidades que entendam o problema e que possam educar outras pessoas
  • Pense no futuro: leve crianças para visitar fazendas orgânicas, para se conectarem com a terra e entenderem da onde vem a comida que os alimentam

 

Vai lá: Vestígios traz trabalhos de artistas contemporâneos nacionais e internacionais, em diálogo com chefs brasileiros.
Onde: Galeria Rabieh; Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 147 - São Paulo
Quando: De 1 a 30 de junho ( abertura: 31 de Maio, das 19h às 22h)
Quanto: Grátis

Créditos

Imagem principal: Rodrigo Braga

fechar

Entre em contato
com a trip


fale conosco

PABX +55 (11) 2244-8747
Caixa Postal: 11485-5
CEP: 05414-012
São Paulo - SP

atendimento ao assinante

SP (11) 3512-9465
BH (31) 4063-8433
RJ (21) 4063-8482
das 09h às 18h
assinaturas@trip.com.br
 CENTRAL DO ASSINANTE 

ou se você preferir:

e-mail inválido!
mensagem enviada!
fechar

Assine


E leve ousadia, moda, irreverência,
comportamento, inspiração.
Tudo isso com coerência, profundidade
e um olhar que só a Trip tem.

trip

Desconto de 25%

11 edições
R$ 98,18
6 x R$ 16,36

Capa Conceito

assinar

11 edições
R$ 98,18
6 x R$ 16,36

Capa Trip Girl

assinar

trip

Grátis um super relógio

22 edições
R$ 261,80
6 x R$ 43,63

Capa Conceito

assinar

22 edições
R$ 261,80
6 x R$ 43,63

Capa Trip Girl

assinar
fechar