BMG lança em CD com músicas inéditas do brasileiro com arranjos do italiano Ennio Morricone

Chico Buarque e Ennio Morricone ? Per un Pugno di Samba [BMG]
Era 1970. O jovem e cabeludo Chico Buarque vivia a tristeza do auto-exílio em Roma, enquanto fazia samba e amor até mais tarde. Deve ter sido num pôr-do-sol à beira do rio Tevere que alguém teve a brilhante idéia de colocá-lo para cantar sobre arranjos do romano Ennio Morricone, compositor de trilhas classudas para o cinema - entre elas a de Cinema Paradiso (1988). E, em 2002, chegou ao novo mundo o disco inédito, com faixas românticas à italiana e sambinhas com um quê de tarantela. 

matérias relacionadas