por Redação

O dramaturgo Mário Bortolotto inspira painéis feitos ao vivo pela paz na Praça Roosevelt

 

Nessa sexta (11/12) às 19 horas, nomes como Lourenço Mutarelli, Laerte, Rafael Grampá, Gabriel Bá, Fábio Moon, Rafael Coutinho, Angeli, Guazzelli, Fábio Cobiaco, André Kitagawa, Rocco e muitos outros, se reunirão na Praça Roosevelt – local onde o autor Mario Bertolotto foi vítima de três tiros durante um assalto – para um manifesto artístico pela melhora do artista e contra a violência, que será seguido de um leilão.

Serão produzidos dois enormes painéis ao vivo para serem rifados e sorteados ao final do evento  com o objetivo de angariar fundos, destinados à recuperação do paranaense após sua saída do hospital. As obras são inéditas e serão produzidas a seis mãos cada. Além de produções de outros 27 artistas que serão leiloadas. A verba da sessão da meia-noite da peça Brutal – escrita por Bertolotto – também será revertida.

Um dos autores desse manifesto, Rafael Grampá, falou um pouco com a Trip sobre o manifesto:

De quem partiu a ideia?

A idéia da exposição partiu do Hugo Pasollo do Parlapatões, da Carolina Manica e da Carol, esposa do Angeli. Então o Rafa Coutinho e eu queríamos fazer algo pra ajudar também e demos a idéia do desenho ao vivo pra rifar e começamos a convidar nossos amigos quadrinistas pra participar, e todo mundo topou na hora. Ações como essa dão um sentido maior pra quem é artista, ainda mais quando estamos fazendo de coração pra um amigo tão querido quanto o Mário.

O trabalho de Bertolloto terá influência de algum modo nesses painéis que serão produzidos?
Já temos uma idéia básica do que vamos fazer mas a princípio vamos fazer o que o momento decidir, mas não espere um desenho freestyle sem sentido ,cheio de elementos soltos. Não estamos pra brincadeira, já trocamos algumas idéias e vamos fazer um painél incrível e acho que será uma experiência muito bacana de assistir pra quem gosta de desenho. Acho que o ambiente teatral vai acabar nos influenciando e como os desenhos serão GIGANTES e cheios, muito cheios de detalhes, um pouco do trabalho do Mário estará presente sim.

Você já fez parceria com alguns dos artistas com quem vai desenhar? São parcerias inéditas?
Já publiquei em parceria com o Bá, Fábio Moon e Rafa Coutinho. Com o Rafa já fiz uns desenhos em conjunto, mas era só por curtição. Pelo fato de ser a primeira vez que vamos ver o Lourenço Mutarelli, Laerte, Angeli, Caco Galhardo, Kitagawa, nós e outros amigos desenhando o mesmo desenho, considero inédito na história das HQs nacionais. Mas o que importa agora é a melhora do Marião e nada mais legal do que juntar todos os seus amigos se manifestando em favor da sua causa e pela paz. Só que o nosso desenho é só uma parte, a outra é a rifa. Pro manifesto ser completo, precisamos da ajuda de todo mundo. A rifa é uma oportunidade pra quem quer ajudar também, então espero que todo mundo que queira participar desse manifesto apareça lá!

Manifesto Artístico pela melhora de Mário Bertolotto e paz na Praça Roosevelt
Quando: 11/12, sexta-feira, às 19 horas
Onde: Espaço Parlapatões (Pça Roosevelt, 158, Centro, São Paulo)
Quanto: R$ 30 (ingresso para a peça Brutal), o acesso ao evento é gratuito

 

 

 

matérias relacionadas