apresentado por Shell

Como levar iluminação sustentável a comunidades sem acesso a energia no Quênia usando um saco de pedras

A maioria de nós está acostumada a ter luz ao acender um interruptor. Mas, no Quênia, 80% das pessoas não têm acesso à eletricidade e dependem de perigosas lâmpadas de querosene para a iluminação e outras atividades, como cozinhar. Porém, além de ser nocivo à saúde, o querosene é uma fonte de iluminação pouco confiável. Desempenhar atividades à noite - como trabalhar e estudar - tornam-se muito limitadas sob esse tipo de iluminação.

A boa notícia é que isso está mudando, graças a uma solução inovadora que usa o peso de uma sacola com pedras para criar luz. Isso mesmo! A startup GravityLight decidiu enfrentar esse problema ao desenvolver uma lâmpada acessível e segura, que pode ser alimentada com apenas uma sacola cheia de pedras.

E fez-se a luz

Para as milhões de pessoas no Quênia que dependem de lâmpadas de querosene para iluminar suas casas, escolas e empresas, a fumaça tóxica e as chamas decorrentes da iluminação são perigosas, especialmente para crianças que utilizam essa fonte de energia para fazer o dever de casa. Além disso, a compra de recipientes para querosene também tem um custo bastante alto para muitas famílias.

A GravityLight é uma startup que se dedica a substituir o querosene em comunidades por uma alternativa de iluminação que funciona sem eletricidade ou combustível. As comunidades são alimentadas apenas por energia cinética capturada pela gravidade. Para isso, a solução que a startup encontrou foi um dispositivo simples, que, usando apenas o peso de uma sacola de pedras e o poder da gravidade, alimenta lâmpadas de LED.

Em outubro de 2016, a GravityLight embarcou em um tour pelo Quênia, que durou 50 noites. A viagem serviu para lançar o produto e demonstrar seus benefícios para a população local. Um desses grandes benefícios foi melhorar as oportunidades para as crianças. Hardson Lusiola, diretor na Escola Primária de Walodeya, em Chavakali, no Quênia, explicou: "Uma vez que a maioria das casas não possui eletricidade, com a GravityLight eles [os estudantes] terão oportunidade de fazer seu dever de casa com tranquilidade".

Saiba como funciona.

matérias relacionadas