por Luiz Filipe Tavares

”Quem estiver esperando que a classe C apenas consuma vai tomar um susto. Eles estão querendo estudar”

Sérgio Vaz é poeta e ativista, diretor da Cooperativa Cultural da Periferia (Cooperifa). No bairro de Piraporinha, zona sul da capital paulista, ele coordena um núcleo cultural que leva arte para as populações carentes da região. O projeto foi um dos homenageados do Prêmio Trip Transformadores do ano passado, depois de quase 10 anos de dedicação aos grupos de discussão e saraus realizados no espaço do bar do Zé Batidão.

O "poeta vira-lata", como ele mesmo se identifica, está lançando seu mais novo livro Literatura, Pão e Poesia, pela Global editora, mostrando pela primeira vez seu talento para escrever em prosa.

Sérgio esteve no Trip FM para falar de Cooperifa, do novo livro e do Prêmio Trip Transformadores, que terá sua edição 2011 no próximo dia 26 de outubro, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo.

"Os jovens da periferia não estão mais se inspirando só nos artistas - estão se inspirando nas universidades. Tem muito jovem se inspirando em advogado, devido às faculdades terem chegado mais perto... a molecada está se inspirando em ser médico, veterinário. A arte não é uma coisa que salva ninguem. A gente sempre diz que a Cooperifa não te prepara pra ser escritor, te prepara para ir pra universidade. O grande barato é que você pode ser médico E poeta. A gente sempre trabalha no sentido de fazer os jovens voltarem a estudar"

"Essa nova classe C que eles chamam, é C de correria. Essas pessoas foram atrás da televisão, atrás da geladeira... agora elas já estão atrás do curso de inglês, de formação. Quem estiver esperando essa classe C consumir, só, no shopping, vai tomar um susto. A rapaziada está se preparando pra ler também, pra fazer cursos."

O Trip Fm vai ao ar na grande São Paulo às sextas às 20h, com reprise às terças às 23h pela Rádio Eldorado Brasil 3000, 107,3MHz 

 

matérias relacionadas