por Mariana Caldas
Trip #192

A Vídeo Brinquedo, concorrente tabajara dos grandes estúdios de animação, está crescendo

A concorrente tabajara dos grandes estúdios de animação está crescendo. Tudo começou em 2003, quando a Vídeo Brinquedo, que licenciava títulos infantis, decidiu fazer as próprias produções. Queriam adaptar contos de fadas, mas logo vieram outras inspirações. Em 2006, quando Carros ainda estava nos cinemas, o DVD Os carrinhos chegava às lojas por R$ 10. Assim como Ratatoing, Ursinho da pesada e Gladiformers. Plágio de Ratatouille, Kung-Fu Panda e Transformers? Eles juram que não. “Os grandes estúdios fazem isso há 40 anos. Nós só seguimos as ondas”, garante o gerente Marco Botana, que vende em torno de 100 mil DVDs por mês e licencia suas produções para mais de 30 países. E acaba de estrear na TV, com as séries Os carrinhos e Abelinhas, no canal Rá-Tim-Bum.

matérias relacionadas