por Giulia Garcia

Mostra ”Desenhando a Cidade” traz mais de 70 obras do ilustrador e designer e revela o aspecto processual de seus trabalhos

A pluralidade é uma marca comum a megalópoles e São Paulo não é diferente. É desse pressuposto que parte a série de exposições Desenhando a Cidade, do Museu da Casa Brasileira (MCB), que apresenta a capital paulista a partir do olhar de artistas, arquitetos e designers de linguagens variadas. A mostra atual é Desenhando a Cidade: Neco Stickel, que fica em cartaz até 18 de fevereiro.

Neco Stickel é ilustrador, designer e projetista aeronáutico ficou conhecido entre arquitetos por ter colaborado na elaboração de desenhos em perspectiva. Em 40 anos, fez cerca de nove mil desenhos e no MCB expõe cerca de 70 deles, com perspectivas comerciais e edificações construídas na cidade de São Paulo. "A exposição quer mostrar para o público como era esse processo de montagem do desenho. Hoje, isso não existe mais porque as montagens são feitas por computador", explica Stickel.

LEIA TAMBÉM: Entrevista com o arquiteto e urbanista Paulo Mendes da Rocha

A mostra apresenta também 42 ilustrações, feitas entre 2014 e 2016, em lápis de cor sobre papel manteiga, em que Neco retrata obras brasileiras icônicas de arquitetos como Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy, Lina Bo Bardi, Artacho Jurado, Jorge Zalszupin e Paulo Mendes da Rocha. "A arquitetura brasileira é importante, tem projetos ótimos. Muitos estão degradados, esquecidos, transformados etc. Eu sempre quis desenhar estes projetos para lembrar de como eram e como a cidade poderia ainda recuperar este passado esquecido", explica.

Créditos

Imagem principal: Renato Parada / Divulgação

matérias relacionadas