por Carlos Sarli
Trip #187

Etapa do mundial de bodyboarding em Búzios, no RJ, recebe os melhores atletas no país

Etapa do mundial de bodyboarding em Búzios, RJ, abre a temporada 2010 no dia 5 e recebe os melhores atletas no país.

Poucos esportes apresentam um "retorno sobre o investimento" comparável ao bodyboarding nacional. Se pensarmos em número de praticantes versus quantidade de títulos mundiais dificilmente encontraremos relação melhor.

 

Mais de 50% dos títulos mundiais disputados vieram para o Brasil. No feminino são impressionantes 17 campeãs em 20 disputas, e no masculino conquistamos um terço dos 27 títulos disputados, índice que só não é melhor porque outro terço ficou na mão de um único campeão, Mike Stewart, quando o título era definido numa só prova disputada em Pipeline, Havaí.

Os nove títulos de Stewart se somam aos seis de Guilherme Tâmega, aos cinco de Neymara Carvalho e a outros 11 divididos entre os melhores do mundo que estarão no início de maio em Búzios, RJ, disputando a principal etapa nacional do circuito mundial. "Será muito emocionante receber 31 títulos mundiais no Búzios Bodyboarding 2010. Este é o maior evento do esporte já realizado no Brasil. Nunca se reuniu tantos campeões do mundo em um só lugar", destaca Flávio Brito, organizador do evento.

O duelo entre os veteranos e maiores vencedores do esporte Stewart e Tâmega promete nas águas de Geriba. Além deles, o atual bicampeão, o havaiano Jeff Hubbard, que volta ao Brasil depois de oito anos, os australianos Damian King e Ben Player, também vencedores duas vezes do circuito, e os brasileiros Paulo Barcellos e Uri Valadão, campeões em 2000 e 2008, compõem a lista de favoritos.

No feminino a etapa de Búzios está entre as três de Grand Slam, que entram no somatório e valem mais pontos para a definição do ranking no fim da temporada. A pentacampeã Neymara Carvalho espera sair com um bom resultado na prova de abertura da temporada, assim como as top cinco do mundo Jéssica Becker e Isabela Sousa e as campeãs mundiais Claudia Ferrari e Karla Costa.

Os três melhores resultados de Grand Slam mais dois de outras provas internacionais definem o ranking. Este ano o circuito terá 15 etapas, três delas no Brasil, e temos tudo para manter a hegemonia no bodyboarding.

MUNDIAL DE SURFE
Tudo novo, o patrocinador, Billabong, a revista oficial, "Alma Surf", a data, em função da Copa, e o formato de competição. A terceira etapa começa hoje em Imbituba, SC. Além da Vila, a praia do Rosa também pode ser palco. O campeão brasileiro Messias Félix, do circuito catarinense, Tânio Barreto e mais o vencedor de uma triagem completam o time brasileiro. Três dos quatro representantes do país no Tour estão na mesma bateria na primeira fase.

FOTO-SKATE GAME
Flavio Samelo é o fotógrafo do Moment Game, jogo on-line em filme que simula seu trabalho.

matérias relacionadas