por Karina Tambellini
Tpm #80

Betina Schmidt, 19, trocou Santa Catarina pelo Rio de Janeiro para treinar com Bernardinho

Há seis meses, Betina Schmidt, 19, trocou Santa Catarina pelo Rio de Janeiro para treinar com Bernardinho – técnico linha-dura da seleção brasileira masculina. Aqui, um dia de sua vida



“Pratico vôlei desde os 13 anos, mas, há dois, o esporte virou profissão. Em maio de 2008 a equipe técnica do Rexona Ades, que me viu jogar a temporada passada pelo Brasil Telecom, me convidou para participar do time de Bernardinho. Mudei de Brusque (SC) para o Rio de Janeiro e, todo dia, logo cedo, às 9h, vou para a Escola do Exército, na Urca, com todo o meu material de treino e fico lá até 12h. Já em casa, por volta das 14h, aproveito para conversar pelo MSN com meus pais, que moram em Portugal, e com meu namorado, em Florianópolis. Às 17h volto a treinar e, às 19h, quando saio do treino, sigo para a faculdade de fisioterapia. Nas horas livres, aproveito para ir à praia ou sair com meus amigos.”

matérias relacionadas