por Redação

Duas novas séries, Vinyl e The Get Down, colocam em pauta a incrível cena cultural da Nova York dos anos 70

Passos de dança, latas de spray, excessos químicos e sexuais, e muita música. As novas séries Vinyl, da HBO, e The Get Down, da Netflix, colocam em pauta a incrível cena cultural da Nova York dos anos 70, época em que a cidade passava por muitas transformações e que surgiam movimentos como o punk, o hip-hop e o rap. 

The Get Down
Primeiro musical que o diretor Baz Luhrmann faz desde Moulin Rouge – Amor em vermelho (2001), a série conta a história de um grupo de adolescentes do South Bronx que transforma a vida difícil que levam – de muita violência e falta de dinheiro –, em ritmo, passos de dança e latas de spray. É a origem do hip-hop, um movimento cultural que saiu dos cortiços do Bronx e invadiu a cena do SoHo, o palco do CBGB e as pistas de dança do Studio 54. Produzida pela Netflix, ainda não tem data de estreia.


Vinyl
A nova série da HBO, estreada no último dia 14, tem direção de Martin Scorsese e produção executiva de Mick Jagger. A atração tem como personagem central Richie Finestra (Bobby Cannavale), presidente de uma gravadora no momento em que a disco, o punk e o hip-hop despontam. Em meio a excessos químicos, etílicos e sexuais, Finestra tenta se manter no negócio, procurando um novo astro nas discotecas, nos subúrbios e nos pequenos clubes que começavam a atrair novas bandas. 

Créditos

Divulgação

matérias relacionadas