Neto de lendário documentarista e oceanógrafo, Fabien Cousteau vai ficar 31 dias debaixo d’água

Neto do lendário documentarista e oceanógrafo Jacques Costeau, Fabien Cousteau, 45 anos, está prestes a reproduzir (e superar) a célebre empreitada que o avô encarou há 50 anos, quando passou um mês debaixo d’água e mostrou ao mundo o oceano como nunca havíamos visto. “Vou ficar 31 dias, um a mais do que meu avô, e em águas duas vezes mais profundas [20 metros abaixo do nível do mar]. Não é sobre quebrar recordes, mas chamar a atenção das pessoas e fazê-las se apaixonar pelo mar”, explica o explorador.

A missão inicia no dia 12 de novembro e acontecerá no oceano Atlântico, próximo à costa da Flórida. A base submarina terá cerca de 30 metros quadrados e acomodará os laboratórios, uma área de “embarque”, as camas e uma pequena cozinha. Fora os habitantes fixos, a moradia deve receber visitas dos músicos Neil Young e will.i.am. “A iluminação chama a atenção dos peixes, que são bem curiosos. Às vezes podemos vê-los nos observando pela janela”, se entusiasma.

Em janelas bem mais distantes, qualquer navegante da rede mundial de computadores também poderá observá-los em tempo real, 24 horas por dia, no site do projeto.

Vai lá www.mission-31.com // www.facebook.com/CousteauMission31


matérias relacionadas