por Redação

“As pessoas têm essa mania de achar que mulher só gosta de cerveja fraca ou de drink”

Poucas coisas conseguem ser tão machistas no universo da comunicação de massa quanto as propagandas de cerveja. Foi para bater de frente com essa lógica que um grupo de publicitárias de São Paulo criou a Cerveja Feminista, tema do segundo episódio da série de minidocs Negócio das Minas, produzido pela Tpm.

As três lançaram no ano passado uma Red Ale de tom avermelhado e encorpada, produzida artesanalmente. Cerveja de gosto forte, portanto. No rótulo, uma explicação sobre o que é o feminismo e pra que serve.

“As pessoas têm essa mania de achar que mulher só gosta de cerveja fraca ou de drink”, explica Maria Guimarães, uma das idealizadoras.

A ideia não era lucrar com a venda, mas passar pra frente mensagens contra o machismo e levantar o debate a respeito da da imagem da mulher na propaganda.

matérias relacionadas