por: A+ Medicina Diagnóstica

O termômetro do corpo

apresentado por A+ Medicina Diagnóstica

Fazer checkup da tiroide é tão importante quanto realizar qualquer outro exame regular. Saiba sobre as principais doenças tireoidianas e o que se pode fazer quando o assunto é prevenção e cuidados

Sem deixar de lado obrigações que são historicamente associadas às mulheres, nos encaixamos em um mercado de trabalho competitivo e em rotinas duplas ou triplas para dar conta de tudo. Isso fez com que chegássemos a dados preocupantes de saúde, por exemplo sermos 42% das pessoas que infartam e morrem no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Na idade reprodutiva, segundo a Dra. Flávia Amanda Costa Barbosa, consultora médica da rede a+ e especialista em endocrinologia e metabologia, as doenças que mais acometem mulheres são as sexualmente transmissíveis, as infecções urinárias, a endometriose e o ovário policístico. Já nas que estão no período pré ou pós-menopausa, a hipertensão, a doença cardiovascular e o risco de infarto marcam presença. Além, é claro, do câncer de mama.

LEIA TAMBÉM: Qual relação entre a vida da mulher moderna e seus problemas de saúde?

No entanto, o que está presente em todas as faixas etárias e acomete mais mulheres são as doenças da tiroide. "É cerca de oito vezes mais comum em mulheres e está cada vez mais presente em consultórios e conversas. Não há resposta certa para isso, mas há questionamentos que ajudam a investigar sua origem. Ganhamos doenças relacionadas ao estresse", explica a Dra. Flávia.

Abaixo, a médica responde as principais perguntas quando o assunto é tiroide.

Problemas na tiroide também afetam o emocional? Sim, é muito comum gerar alterações emocionais como ansiedade, irritabilidade, nervosismo frequente, diminuição da memória ou até mesmo a depressão.

Quais fatores emocionais acarretam problemas na tiroide? São vários. Situações adversas que levam a uma grande emoção, como perda de emprego, divórcio, morte na família, podem estar relacionadas ao surgimento de determinadas doenças de tiroide. Isso sugere a participação do estresse como fator iniciante em pessoas suscetíveis a essas doenças.

LEIA TAMBÉM: Cada vez mais, os pacientes querem ser vistos por inteiro – e buscam a medicina integrativa

Toda mulher que tem problemas na tiroide vai ficar acima do peso? Não, o que causa o ganho de peso é o hipotireoidismo, que corresponde a uma parada do funcionamento da tiroide. Essa alteração leva a uma baixa produção dos hormônios e causa desaceleração geral do metabolismo. Quando não tratada, podemos associá-la ao ganho leve de peso, geralmente devido à retenção de líquidos. Por outro lado, o hipertiroidismo, que ocorre devido a uma produção excessiva de hormônios, pode causar a perda de peso, além de outros sintomas, como palpitação, intestino acelerado, transpiração excessiva e insônia.

Quais são os alimentos proibidos para mulheres que lidam com problemas na tiroide? Apesar de algumas substâncias e nutrientes terem importância no funcionamento normal da tiroide, não há um padrão alimentar específico para prevenir ou tratar essas doenças. No entanto, gostaria de dar ênfase ao iodo, pois a tiroide precisa desse nutriente para produzir seus hormônios. Ou seja, a baixa ingestão de iodo é uma causa potencial de hipotiroidismo. Ao mesmo tempo, o excesso também é prejudicial e pode causar distúrbios tireoidianos. As isoflavonas, encontradas nos derivados de soja, podem atrapalhar e impedir a produção correta de hormônios da tiroide. Uma dieta equilibrada e saudável é essencial.

Quais são as fontes mais acessíveis de iodo? Sal de cozinha, frutos do mar e alguns pães e cereais. Mas é importante lembrar: caso tenha alguma alteração em exames de tiroide, antes de fazer qualquer dieta ou uso de suplementação alimentar, procure um endocrinologista. Felizmente, na maioria das vezes, o tratamento é simples e não exige modificação nos hábitos alimentares.

Uma disfunção da tiroide pode ser autoimune? Qual é a diferença? Em adultos, na maioria das vezes, o hipotiroidismo é causado por uma doença autoimune denominada tiroidite de Hashimoto, na qual a tiroide não é reconhecida pelas próprias células de defesa corporais, sendo destruídas como um todo. A principal causa de hipertiroidismo também é uma doença autoimune de mecanismo complexo, chamada doença de Graves. Já no hipotiroidismo, o não funcionamento da tiroide é devido à falta de iodo para produção do hormônio tiroidiano.

LEIA TAMBÉM: Todo ano, mais de 1.500 homens têm o pênis amputado por... falta de higiene

Doenças de tiroide não tratadas podem evoluir para quadros mais graves? Quais? Podem, por exemplo a depressão e outras doenças psiquiátricas. Além disso, doenças cardíacas graves, alterações visuais, infertilidade e até mesmo a morte podem ocorrer caso uma doença tiroidiana não seja tratada. 

Todas as mulheres da minha família têm algum caso de disfunção, mioma ou cisto na tiroide. Eu também terei, obrigatoriamente? Existe uma real tendência familiar e entre parentes próximos, como pais e irmãos, para a ocorrência de doenças tiroidianas. Por isso, o médico endocrinologista deve ser procurado para investigações e esclarecimentos.

fechar

Entre em contato
com a trip


fale conosco

PABX +55 (11) 2244-8747
Caixa Postal: 11485-5
CEP: 05414-012
São Paulo - SP

atendimento ao assinante

SP (11) 3512-9465
BH (31) 4063-8433
RJ (21) 4063-8482
das 09h às 18h
assinaturas@trip.com.br
 CENTRAL DO ASSINANTE 

ou se você preferir:

e-mail inválido!
mensagem enviada!
fechar

Assine


E leve ousadia, moda, irreverência,
comportamento, inspiração.
Tudo isso com coerência, profundidade
e um olhar que só a Trip tem.

trip

Desconto de 25%

11 edições
R$ 98,18
6 x R$ 16,36

Capa Conceito

assinar

11 edições
R$ 98,18
6 x R$ 16,36

Capa Trip Girl

assinar

trip

Grátis um super relógio

22 edições
R$ 261,80
6 x R$ 43,63

Capa Conceito

assinar

22 edições
R$ 261,80
6 x R$ 43,63

Capa Trip Girl

assinar
fechar