por Luara Calvi Anic
Tpm #102

Direto de Curitiba, corseletes feitos para mulheres reais, é a coleção Alice Underground

 

 

Corselete é peça para mulher com corpo, curvas, gordurinhas. Foi esse tipo de mulher que a curitibana Marília Correa de Mello teve dificuldade de encontrar para o seu desfile no último Mega Bazar Lúdica, evento de moda de Curitiba (PR). As modelos eram da agência Mega, tinham padrão de passarela, e ela foi atrás das mais cheinhas. “Vestimos as que tinham mais busto, colocamos um bojo. Corselete é uma peça para mulher real, não para mulher esquelética. Vai subir peito, marcar a cintura. Você fica gostosona sem precisar de lipo [risos]”, diz. Marília começou a desenhar lingeries e corseletes assim que voltou de um intercâmbio nos Estados Unidos, há três anos. Estava no último ano da faculdade de letras e descobriu que seu negócio era moda. Largou o curso e abriu um showroom, o Sundae Inc, que vende lingeries e corseletes com estampas importadas. A coleção Alice Underground (foto) acaba de ser lançada e tem 25 tipos diferentes de estampa. As modelos do ensaio, feito no parque do Museu Oscar Niemeyer, são Marília e suas amigas, mulheres com corpo, peito, curvas.

Vai lá: www.sundaeinc.com.br. Um corselete sai por R$ 250, em média

matérias relacionadas