por Ana Manfrinatto

Filme francês dos anos 40 antecipa a conectada vida nossa de todos os dias

Imagine a cena: pessoas andando pelas ruas hipnotizadas por uma pequena tela. Motoristas imprudentes que se distraem por causa de uma pequena tela. Graças a essas pequenas telas, não maiores do que uma lâmpada elétrica, não precisamos mais comprar jornais ou revistas: notícias sobre política, esportes e moda estão ao alcance de um clique... na pequena tela!

Um retrato dos dias de hoje na Rua Teodoro Sampaio, Champs Elysées ou na 5ª Avenida, Ana? Nananinanão: trata-se de um curta-metragem do diretor francês JK Raymond Millet filmado em 1947! Inspirado nos romances do escritor (também francês) René Barjavel, o filme chega a assustar tamanho o poder premonitório.

Dá uma olhada!

matérias relacionadas