por Ana Manfrinatto

Mmm... isso mesmo! O dia internacional da iguaria mais famosa de toda a Argentina!

Tô na correria aqui mas não queria deixar de contar que hoje é o dia internacional do doce de leite. Logo eu, que não dou bola pro dia internacional da mulher, do pai, da mãe e dos namorados, tô aqui com água na boca.

Se é pra comemorar uma data comercial, que seja a do dulce de leche, né?

Aliás, olha só, em 2003 a Secretaria de Cultura da Nação escolhou o churrasco, a empanada e o doce de leite como sendo “Patrimônio Cultural Alimentício e Gastronômico da Argentina”.

O Uruguai vive brigando com os argentos sobre a origem da iguaria. Em outros países da América Latina o doce também faz a cabeça do pessoal e tem nomes como arequipe (Colômbia) e cajeta (México).

E eu amo queijo minas com doce de leite da fazenda mas, verdade seja dita, o argentino é ALUCINANTE.

E já que eu toquei no assunto, fica a dica: pra se lambuzar e mandar a dieta pra casa do chapéu, o meu preferido é o La Serenísima Estilo Colonial. Sempre falo pros amigos não gastarem dinheiro com esses doces de leite de pote bonito que vendem na Calle Florida.

Vai em qualquer mercadinho e se joga. É uma delícia e é baratex. Sempre que eu vou ao Brasil visitar a família tenho que chegar com pelo menos meio quilo senão a minha mãe não abre a porta de casa! Vai por mim e depois me conta.

Outro que eu amo, só que em tablete, se chama Vauquita. Vende em qualquer kiosco e tem a versão light com 69 calorias. Okey, são apenas 20 calorias a menos que o original mas não tem gordura saturada, trans, colesterol nem glúten :)

matérias relacionadas