por Thaís Ruiz

Como escolher corretamente cortinas para sua sala, quarto e até cozinha

Cortina Modelo Painel em tecido Panamá, uma tela de proteção solar que permite a vista (Luxaflex por Duetto Decorações – www.duettodecoracoes.com.br)

Não foram poucas as vezes que ouvi a pergunta: Como escolho as cortinas da minha casa? Pensando nisto o tema desta quinzena será cortinas.

Falando da parte funcional as cortinas são importantes para proteger móveis, pisos e quadros. Quando estamos montando um ambiente novo é bom reservar a verba da cortina e nunca deixá-las para depois ou o sol pode estragar tudo. A instalação destas peças evita alterações de cor de estofados, protege os móveis, o pisos e objetos de decoração.

Na parte decorativa, a função é realmente vestir a casa, imprimir estilo e dar sensação de aconchego. Mas como saber qual modelo escolher com a grande variedade de tipos que existem no mercado?

Realmente esta não é uma tarefa lá muito fácil, porém algumas dicas podem ajudar no momento de decidir.

Na cozinha:

Este sim é um ambiente difícil de colocar cortinas, elas podem engordurar, juntar pó e isto não será muito agradável. Sendo assim, fuja das persianas horizontais ou verticais! Ao contrário do que muitos pensam estes modelos não são práticos para estes ambientes. Para este casos a melhor opção é o modelo Rolô com trama sintética e lavável, alem de bonita e básica ela é reta e dificulta o acumulo de sujeira.

No lavabo:

Aqui também o modelo Rolô faz sucesso. Geralmente os lavabos são o cartão de visita da casa e já possuem revestimentos e cores de personalidade forte, sendo assim um modelo básico e nada rebuscado protege a janela e resolve o problema.

Salas:

Aqui a variedade é grande e o que vai mesmo pesar é o estilo pretendido. Os modelos de tecido com ilhós e varão são bem clássicos e vão bem em salas que não possuem cortineiro no forro de gesso. Querendo barrar a entrada de luz é só somar um blackout na parte posterior da cortina de tecido, ele pode ser instalado também no varão se a opção for um varão duplo.

Se o seu caso for de sala com cortineiro no forro e o desejo é de uma cortina tradicional de tecido é possível utilizar o velho e bom trilho suíço, ele fica escondidinho e o efeito é bem legal, para esta situação o blackout pode ser instalado no trilho também ou pode ser Rolô inclusive automatizado.

Em salas com varandas as opções se restringem um pouco. Nestes casos os modelos Painel, Rolô e de tecido são as mais indicadas, o melhor é que se possibilite correr as cortinas para as laterais das portas para evitar a movimentação equivocada no momento de passar da sala para a varanda e da varanda para sala ou então as chances de sujeira na altura das mãos será bem grande.

Na hora de escolher o tecido e as cores o bom é lembrar que o Linho 100% pode ficar muito amassado e para isto um tecido misto pode resolver facilmente e que as opções muito estampadas são mais difíceis de combinar, cores muito fortes pedem ambientes grandes e tecidos mais pesados garantem estilos mais sérios.

Outra dica muito importante é a distancia entre a barra e o piso, a distancia padrão é de 1cm podendo variar de acordo com o que se deseja.

Quartos:

Nestes ambientes as persianas horizontais podem ser uma opção, os modelos com madeira ou bambu são atuais e bem charmosos. Modelos como Romana e Rolô também são bem apropriadas. Querendo dar um charme a mais para elas é só compor com xales nas laterais e pronto, ganhou outra cara. 

Estes modelos não necessitam ter medidas do piso ao teto, são bem legais para colocar em janelas que ficam sobre bancadas de estudo ou sobre as camas. Nestes casos vale considerar 25cm a mais na parte superior e no mínimo 15cm na parte inferior, assim não existe risco de ficar com as guarnições das janelas parecendo e temos a impressão que a janela é ainda maior.

O assunto é extenso e sempre envereda para outros pontos como cores, tecidos, pregas, etc. Hoje encontramos cortinas de todos os tipos em lojas de departamento ou em home centers e quase sempre com preços ótimos, junto com isso chegam as dúvidas e as indecisões e é ai que a coisa trava.

A verdade é que consultar uma loja especializada pode ajudar  e vale muito, porém quando já se sabe o quer tudo fica mais fácil.

Veja abaixo uma galeria com sugestões de decoração.

(*) Thaís Ruiz é arquiteta da Neo Arq. Twitter: @neo_arq

Tem dúvidas de decoração, arquitetura ou paisagismo? Faça sua pergunta nos comentários abaixo! As dicas da Arquitetando são publicadas quinzenalmente às quintas-feiras.

matérias relacionadas