por Ana Carolina Ralston

Confira galeria com o melhor da Bienal de Veneza, pela jornalista Ana Carolina Ralston

São muitos os visitantes da 53º edição da ¨mãe das bienais¨, como definiu o curador sueco Daniel Birnman, o mais novo da história do consagrado evento que acontece em Veneza. Pessoas do mundo inteiro aproveitam o verão europeu para visitar a cidade que até o final de novembro exala arte e cultura por todos os lados. São 77 representações oficiais que se misturam entre os jardins do Gardini – onde estão os pavilhões nacionais – e o centro histórico que abriga a Arsenale.

Entre nossos representantes estão as cores de Delson Uchôa e as lentes do querido Luiz Braga no pavilhão que leva a bandeira brasileira hasteada no alto. Outra importante figura foi nossa conterrânea Lygia Pape, homenageada com um prêmio póstumo pelo júri, com uma grandiosa instalação feita com fios de ouro iluminados por spots presos ao teto. Seguindo o tema ¨Fare Mundi¨ - Fazendo Mundos – cada artista criou um universo de sua maneira. Entre os contemporâneos mais esperados estão os trabalhos de Marina Abramovic, Miquel Barceló e o dinamarquês Michael Elmgreen junto com o norueguês Ingar Dragset, que surpreenderam os visitantes do pavilhão nórdico com a obra "Death of a Collector" (A morte de um colecionador), onde um boneco boiava morto em uma piscina.

Outros dois grandes homenageados foram Yoko Ono e o americano John Baldessari, que receberam um Leão de Ouro cada, em homenagem a suas carreiras artísticas.

Para completar o espetáculo, a cidade apresentou um agenda cheia de shows e apresentações que se estenderam além dos portões oficiais do evento, entre elas a apresentação do italiano Andrea Bocelli, a performance do artista plástico Billy The Artist – que desenvolveu um relógio especial para a Swatch nesta temporada – e inúmeros concertos de música clássica na Piazza San Marco.

Para quem tem dias de férias para tirar, a bienal segue até o dia 22 de novembro, contando com um recheado calendário off road.

Vai lá:
confira endereços, horários e programação em www.labiennale.org

matérias relacionadas