por Redação

No mar, na tela e no ar. O capitão Vilfredo e seu filho David Schürmann são os entrevistados do programa de hoje

Eles já navegaram 150 mil km, deram duas voltas ao redor do mundo e visitaram mais de 40 países. Enfrentaram ondas de até quinze metros, ventos de 120 km/h, ciclones tropicais e tiveram que ficar 11 dias à deriva. Também chegaram a pescar um dourado de 46 quilos e conseguiram nadar ao lado de arraias de três metros e meio de largura. Não, isso não é história de pescador. É resultado de 20 anos de aventuras da família Schürmann a bordo de um veleiro que acabou rendendo histórias como estas, quatro livros escritos e um filme com o melhor das viagens previsto para estrear nos cinemas no próximo dia 27 de abril.

Soprando a velinha

Em 1984, o Capitão Vilfredo Schürmann deixava de lado uma bem-sucedida carreira de empresário para seguir o vento ao lado da esposa Heloísa e seus três filhos: Wilhelm, David e Pierre. O objetivo era dar uma volta ao mundo a bordo do veleiro Aysso – com 15 metros de comprimento no total e dois mastros de 16 metros de altura cada. Assim, os Schürmann passariam dez anos no mar, com os filhos crescendo a bordo e, no final da viagem, já planejando fazer uma segunda grande aventura. Em 1997, a família decidiu colocar o veleiro mais uma vez no mar e refazer a rota do navegador português Fernão de Magalhães, dando assim sua segunda volta ao mundo. Desta vez percorrendo 60 mil quilômetros em 912 dias.

Nas duas décadas que passaram no mar, os Schürmann tiveram a oportunidade de visitar lugares como a Ilha de Juan Fernandez, no Chile, conhecida pela história de Robinson Crusoé e a Ilha de Pitcairn, considerado o ponto mais isolado do Pacífico Sul. Na terceira e mais recente expedição, a família velejou de Florianópolis (SC) até Fortaleza (CE) para reencontrar e festejar com os amigos que fizeram ao longo dos anos navegando pela costa brasileira.



Os convidados do Trip Fm desta semana são o patriarca Vilfredo Schürmann – que hoje administra os projetos da família e ainda organiza palestras sobre planejamento estratégico, qualidade de vida e trabalho em equipe – e seu filho do meio, David, que assumiu o posto de cinegrafista oficial da família ainda aos 13 anos de idade, formou-se em cinema e produziu dezenas de programas para a televisão, além dos documentários e agora o longa-metragem “O mundo em duas voltas” sobre as aventuras da família no mar. Ficou curioso para saber o que vai rolar nesta conversa? Ouça ao vivo clicando aqui à partir das 20h.

Fotos: Fernanda Paola

matérias relacionadas