por Luiz Filipe Tavares

Museu do Futebol propõe experiência sensorial para aproximar videntes e cegos pelo esporte

No Museu do Futebol, localizado no coração do Estádio do Pacaembu, começa neste sábado uma exposição de experiências sensoriais realizadas através do universo do futebol de cinco, a mais popular modalidade esportiva para deficientes visuais e um dos grandes destaques dos jogos olímpicos especiais, as Paraolimpíadas. A partir do dia 18 de junho, o Museu abre as portas da mostra Olhar com Outro Olhar, que pretende aproximar a população que enxerga (vidente) da comunidade cega e mostrar de perto como é a vida dos deficientes visuais no país.

Em declaração oficial à imprensa, o Secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo, afirmou que “essa exposição irá revelar a nós – que vemos, ouvimos ou caminhamos em nossas próprias pernas – o quanto vale a pena conhecer o universo daqueles que, apesar ou, sobretudo, por suas deficiências, são capazes de superar obstáculos e construir um mundo de conhecimento e possibilidades.”

A experiência sensorial consiste na apresentação de uma foto de um jogo de futebol que é "mostrada" para os visitantes através de cinco recursos de sentidos que excluem a visão: brailel, relevo, alto-contraste, maquete tátil e áudio descrição. Com os olhos vendados, os visitantes são levados a uma caminhada pelo museu acompanhando o piso tátil e um audioguia que sinaliza o trajeto, fazendo com que cada participante sinta na pele como é viver sem o auxílio da visão.

“A exposição propõe aproximar as diferenças. Vai mostrar que cegos, surdos ou pessoas com mobilidade reduzida têm um mundo próprio de percepções e sensibilidades. Vale a pena alargar nossos próprios sentidos e experiências de mundo”, declarou Leonel Kaz, curador da exposição Olhar com Outro Olhar. Quem também fez coro com a curadoria foi Clara Azevedo, diretora executiva do Museu do Futebol, afirmando que a exposição "é um mergulho nas diferentes formas de perceber o mundo que nos cerca. É um convite para que o visitante olhe uma imagem com as suas mãos e ouvidos.”

O assunto não é novidade para a Trip. Na nossa edição 139, de novembro de 2005, o repórter Ronaldo Bressane passou uma semana em imersão na comunidade cega e disputou uma série de modalidades paraolímpicas para deficientes visuais. A edição em questão era um especial sobre Respeito e Preconceito e pode ser lido na íntegra clicando aqui.

Vai lá: Exposição Olhar com Outro Olhar
Quando:
A partir de 18 de junho, das 9h às 18h
Onde: Museu do Futebol - Praça Charles Miller, s/n, São Paulo
Quanto: R$ 6 (inteira) /R$ 3 (meia-entrada). Exposição grátis no dia da inauguração, das 12h às 15h
Informações: (11) 3664-3848

matérias relacionadas