por Redação

Rapper e poeta discutem lugar de fala e apropriação cultural

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL: youtube.com/trip

O cantor Mano Brown, que fez a voz da periferia ecoar no Brasil e o escritor Francisico Bosco, autor do polêmico livro "A vítima tem sempre razão?" discutem o crescimento dos movimentos identitários, como o movimento negro, LGBT e feminista, no cenário brasileiro atual e a necessidade de debates sejam públicos e irrestritos para fazer avançar as lutas sobre os direitos humanos no país.

ASSISTA:

play

 

matérias relacionadas