por Camila Eiroa

’’A cidade foi feita para as pessoas, não para os prédios’’

Cada vez mais as pessoas buscam ocupar os espaços públicos perto de onde moram ou frequentam a fim de trazer mais vida e arte para a rotina de quem vive nas grandes cidades.

Neste episódio do Trip TV, conhecemos três iniciativas - duas em São Paulo e uma em Berlim, com a nossa correspondente e colunista da Tpm Nina Lemos.

No polêmico Minhocão, ou Elevado Costa e Silva, o grupo Esparrama se apresenta nas janelas voltadas para o asfalto com peças de teatro cheias de humor. Para Iarlei Rangel, um dos integrantes, "a ocupação do Minhocão já acontece há muitos anos. Agora, a discussão é sobre qual vai ser o futuro do lugar".

"A cidade foi feita para as pessoas, não foi feita para os prédios", Iarlei Rangel

Ainda em São Paulo, existe o grupo A Batata Precisa de você, criado pela arquiteta e produtora cultural Laura Sobral em conjunto com moradores e frequentadores do grande largo de concreto da Zona Oeste. As oficinas foram crescendo e hoje, todas as sextas-feiras, o grupo se reúne para uma nova atividade.

O amor de Laura pelo lugar ficou tão grande, que seu casamento foi celebrado no próprio Largo da Batata. Recebendo os convidados no mobiliário urbano construído pelo grupo e pelos batuques do noivo, Leo. Para ela, "você aprende muito do espaço estando nele."

E não é só no Brasil que as pessoas preferem cultura e verde no lugar de grandes prédios cinzas. Nina Lemos conheceu um parque construído em um antigo aeroporto em Berlim. Mesmo hoje sendo um dos lugares mais populares da cidade, ele estava ameaçado pela construção de prédios.

A população votou e 65% foi a favor da não construção do novo empreendimento. "Esse lugar é para as pessoas de Berlim, e não para os ricos que querem construir casas para os milionários", disse Wolfgan Otins, frequentador do parque.

Assista a essas histórias no player acima, e se souber de uma iniciativa bacana, conta pra gente nos comentários!

matérias relacionadas