por Carol Ito

A produção feminina de HQs cresce a cada dia e o 2º Encontro Lady’s Comics, realizado em Belo Horizonte, foi prova disso. Veja nossa mini seleção de publicações e artistas

Em julho, Belo Horizonte recebeu o 2º Encontro Lady’s Comics, um dos encontros de quadrinhos mais importantes do país quando o assunto é representatividade feminina.

Organizado em parceria com o FIQ - Festival Internacional de Quadrinhos, o encontro foi um espaço de troca de experiências entre artistas de diversos estados brasileiros e também de países como Chile e Argentina. 

A seguir, uma mini seleção com alguns dos trabalhos mais interessantes que vimos por lá:

TOPOGRAFIAS: para experimentar
Uma coletânea de quadrinhos feita por seis artistas de diferentes estados: Julia Balthazar, Barbára Malagoli, Taís Koshino, Puiupo, Mariana Paraizo (AKA Mazô) eLovelove6. As histórias são como contos sobre personagens femininas, que percorrem lugares improváveis e sempre trazem alguma reflexão filosófica. A estética é experimental e um dos exemplos disso é a HQ Sátira Latina, feita a partir de recortes retirados de jornais durante a cobertura do desastre de Mariana, que ocorreu em Minas Gerais, em 2015.

LEIA TAMBÉM: 10 quadrinhos feitos por mulheres que você tem que ler

GIOVANA MEDEIROS: para se encantar

Giovana é uma quadrinista de Criciúma, Santa Catarina, que tem um traço impecável. Ela produziu as histórias autobiográficas Farofrance e Gidrinhos, e a zine Ana, inspirada nos romances de Jane Austen.

LEIA TAMBÉM: Quadrinhos eróticos feitos por mulheres

DÉBORA SANTOS: para mergulhar
Débora vive em Fortaleza (Ceará) e produz seus quadrinhos junto ao coletivo Netuno Press. Possui as HQs Como sobreviver à terra da luz, Lua Cheia e Pombos, que tratam de amor, tristezas e descobertas.

LEIA TAMBÉM: Relacionamentos abusivos em quadrinhos

Créditos

Imagem principal: Ana Luiza Koehler / Lady's Comics

matérias relacionadas