Tpm

por Felipe Pedroso

Fotógrafa francesa explora imagens do inconsciente em série de fotos de Polaroid

Nostálgico, sentimental e singular, esses são alguns dos adjetivos a quais podem ser atribuídos à obra da jovem e talentosa artista francesa Sarah Seené. Fotógrafa e diretora de cinema é conhecida por realizar curta-metragens experimentais de ficção, carregados de uma atmosfera própria que mescla poesia e elementos visuais que beiram o lúdico. Ela já teve seu filme La vérité des fées exibido no Brasil no Festival Curtíssimo de Cinema em 2012, uma obra onde desmistifica o discurso dos contos de fadas.

Fascinada por imagens e pelo resultado final de fotos tiradas por Polaroids, Seené criou um universo próprio que é expresso em seu trabalho, onde explora a imagem do sonho, da vertigem e do inconsciente.

Vai lá: http://sarahseene.tumblr.com

(*) Felipe Pedroso é historiador e colaborador do blog de arte e cultura BLCKDMNDS

matérias relacionadas