por Nyle Ferrari
Tpm #164

Casal quer plantar mil mudas às margens dos principais rios paulistanos e reconectar São Paulo à natureza

Imaginar é difícil, mas os rios paulistanos Tietê e Pinheiros já tiveram suas margens repletas de orquídeas. Essa descoberta motivou o orquidófilo Alessandro Marconi e a produtora Carolina Sciotti a criar o projeto Mil Orquídeas Marginais, que tem como objetivo devolver essas flores ao habitat natural.

Criada em 2014 com a ajuda de financiamento coletivo, a iniciativa já replantou 750 orquídeas da espécie Cattleya Ioddigesii, quase extintas pelo avanço das cidades. O nome faz referência à origem da flor e tira sarro da visão elitizada que existe sobre ela. “Orquídea é tida como coisa de rico. Mas ela é da Mata Atlântica, selvagem, marginal”, diz Carolina. O casal promove plantios abertos em que voluntários podem participar.

Vai lá: milorquideasmarginais.com

Créditos

Imagem principal: Arquivo pessoal

matérias relacionadas