por Redação

Neste final de semana comemoramos o Dia Internacional da Mulher para o qual algumas torcem o nariz e outras torcem o corpo todo, enquanto um bando coloca, titubeante, suas flores no vaso. Mas e daí? E amanhã? E quando as flores murcharem?

Neste final de semana comemoramos o Dia Internacional da Mulher para o qual algumas torcem o nariz e outras torcem o corpo todo, enquanto um bando coloca, titubeante, suas flores no vaso. Mas e daí? E amanhã? E quando as flores murcharem? É em prol da continuidade do respeito e da perpetuação da igualdade que TPM celebra o Mundo Internacional da Mulher. Onde não somos superiores, não somos as donas, somos apenas tratadas com igualdade.

Nesse mundo, a mulher não é vítima, é protagonista e parceira.

Neste mundo, somos muito mais do que o que vestimos e não temos medo.

Neste mundo ganhamos o mesmo salário de nossos colegas homens e não somos violentadas. Sonho? Não.

Este lugar já existe, ou melhor, está sendo construído pouco a pouco por mulheres corajosas, #mulheresquelutam.

Infelizmente, nem todas tem acesso a ele e agora é isso que buscamos. Inclusão.

Conheça a luta de 18 mulheres (entre tantas outras) que estão, passo a passo, abrindo caminho para que todas nós possamos entrar no Mundo Internacional da Mulher, o lugar de onde nunca deveríamos ter saído. E, de cabeça erguida, entre nele, compartilhe. 

Veja todas as lutas, em nosso especial #mulheresquelutam

Pitty
Andrea Dip
Maria Berenice Dias
Maria Carolina Trevisan
Jolúzia Batista
Isa Penna
Gabriela Ferraz
Delaíde Miranda Arantes
Juliana Romano

matérias relacionadas