por Karina Tambellini
Tpm #82

Mariana Lima trouxe para o Brasil a numeração internacional de calcinhas e sutiãs

Há sete anos, Mariana Lima remodelou sua vida e a de muitas mulheres, trazendo para o Brasil a numeração internacional de calcinhas e sutiãs



Atire o primeiro bojo quem nunca penou para comprar um sutiã que segure a comissão de frente com conforto. Ao contrário da modelagem brasileira, que vê o corpo da mulher como proporcional, a marca de lingeries carioca Verve preferiu seguir o modelo internacional. Adotou uma medida específica para as costas e outra para os seios. Juntas, elas fazem com que o sutiã se molde perfeitamente ao corpo.

Mariana Lima, 35, a criadora da Verve, trabalhava no marketing de uma multinacional. Até que, em 2000, cansou da vida formal, pediu as contas e saiu viajando de Jeep pelo Brasil. Seis meses depois e uma idéia na cabeça, nascia a marca de lingerie. A novidade é que este mês sai do forno a primeira coleção masculina. Agora, os homens brasileiros terão a opção de sair do trio azul bebê, branco e preto que teima em dominar sua gaveta de cuecas.

Vai lá: www.verve.com.br

matérias relacionadas