por Lica Melzer
Tpm #95

Do sorvete ao apartamento de US$ 6 milhões, tudo é chique em Punta del Este

Punta 1 – Hellados


Como todo fim de ano, Punta del Este, Uruguai, é invadida por gente bonita, famosa, anônima, descolada. Todos em busca de um lugar ao sol. Com o azul do céu praticamente garantido, eles colocam o bronzeado em dia regados a goles de Clericot, drink local preparado à base de vinho branco e frutas. Com restaurantes pilotados por chefs de renome internacional, o sucesso que sobrevive ao passar dos anos está na simplicidade do sorvete mais gostoso do balneário. A gelateria Freddo, com sabores como crema tramontana e dulce de letche tentación, é, sim, a responsável pela enorme fila de jet setters já vista na constelação terrestre. É comer para ver!

 

 

Punta 2 – Building Boom
Não bastasse o chiquê das mansões que povoam os bairros de Beverly Hills, Golf, Bosque e Barra em Punta del Este, os novos prédios que estão sendo edificados no balneário uruguaio são de deixar qualquer cidadão acostumado com o máxi do luxo de queixo caído. Com quase todas as unidades vendidas – a preços que variam entre US$ 3 milhões e US$ 6 milhões, dependendo da unidade –, o edifício Acqua, situado na praia Brava, é exemplo do potencial imobiliário da cidade. Alguns brasileiros estão entre os habitantes do luxinho vertical – bem, nem tão vertical assim, já que a grande maioria dos apartamentos, de frente para o mar, termina com uma bela piscina com horizonte infinito. Quem pode pode.

Punta 3 – Presenças


Quem curte um bafafá em torno de celebridades ia adorar cruzar nesse fim de ano com as world-wide-known-celebrities Kevin Bacon, Shakira, Bruce Willis, Uma Thurman e Naomi Campbell nas praias de Punta del Este. Cada vez mais internacional, o balneário se confirma como um dos lugares de relax de famosos que não gostam de ser importunados. Portanto, se você é habituée de Punta e também fã de alguma dessas pessoas, Luxinho adverte: além de não combinar com a atmosfera local, tietar por lá não é nada chique. Sendo assim, máquinas fotográficas no bolso, lacradas, e óculos escuros em posição – para não perder nenhum lance. Afinal, olhar não tira pedaço, e ninguém é de ferro, não é?

 

 

*Lica Melzer, 36, fala de estilo e aberrações que viram febre. Se interessou por moda ao morar em Boston e Nova York. Seu e-mail: lica@trip.com.br

matérias relacionadas