por Glória Pereira
Tpm #106

Dívidas, planilhas, acordos, luz no fim do túnel. Leitora da Tpm pede ajuda à Glória Pereira


“Depois de quatro anos encrencada financeiramente, com o nome sujo na praça, estou conseguindo fazer alguns acordos e pretendo começar o ano muito bem. Por isso me atrevi a lhe pedir esse apoio.”


Você já deu os primeiros passos. Parabéns. Quero deixar claro que a caminhada é longa, porém, com pit stops. Ou seja, superimportante fazer uma parada a cada mês para ver se está no rumo ou se terá que recuar um pouco, fazer acordos e renegociar antes de prosseguir.

Que tal você registrar no seu computador, ou num caderninho, os compromissos já assumidos no passado que você ficou de pagar nos próximos meses? Verifique quais os seus gastos mensais, aqueles que representam o custo de estar vivo no seu estilo. Essa etapa de “saídas” é fundamental.

A vida é feita de sonhos e não apenas de pagar contas. Então sonhe, planeje a realização desse sonho, mesmo que demore alguns meses ou até anos para realizá-lo. Você vai curtir o processo de consegui-lo e fará parte desse caminho encontrar diferentes formas para isso. Registre o custo do sonho e em quanto tempo pode atingi-lo poupando um valor todo mês.

Chegou a hora de você considerar todas as “entradas” financeiras: seu salário, a parte do salário do seu marido, inclua a venda de coisas que você não está usando como livros, roupas, móveis. Há mercado e possíveis compradores para qualquer coisa. Vários sites podem ajudar nessa parte, entre eles, é bem famoso o Mercado Livre. Pode ser divertido e lucrativo.

Pense no dinheiro como uma mercadoria sem tabela de preços: quem tem vende, e quem não tem compra. Quando você quer um empréstimo ou financiamento, ou está pagando dívida, você está comprando dinheiro. E quando você está vendendo seus serviços, ou qualquer mercadoria, você está vendendo dinheiro. Nada tem preço fixo. Então, faça dessa realidade um grande jogo de negociação da própria vida. Você estará o tempo todo fazendo acordos e negociando não só com os credores mas com você mesma – com seus desejos de consumo e impulsos, com seu marido e seus filhos. A negociação não para nunca. Se você compreende esse princípio poderá utilizar alguma planilha para facilitar suas decisões. E hoje todos os bancos oferecem gratuitamente, é só baixar. Ou busque no Google: planilha financeira. Você escolhe a que mais vai com seu estilo. Recomendo navegar pelo site Meu Bolso em Dia, que é da Febraban, a federação dos bancos.

Crédito positivo

Em 2011 manter seu nome limpo significa pagar menos juros em qualquer compra a prazo. Ou seja, seu nome limpo indica sua qualidade de credora no mercado. Boa sorte!

Vai lá: www.mercadolivre.com.br; www.meubolsoemdia.com.br

Glória Pereira é consultora de riqueza. Autora de vários livros sobre finanças pessoais, entre eles o best-seller A Energia do Dinheiro (Campus), e do jogo Negócio Sustentável®.
Seu e-mail: gloria.pereira@sinergianet.com.br

matérias relacionadas