por Daniel Balaban

Se você acha que planejar os gastos do mês é difícil, imagine garantir a aposentadoria

Tpm. Quem trabalha com registro em carteira deve ter previdência privada? É indicado fazer previdência para, por exemplo, sacar o dinheiro e comprar uma casa ou investir em outro bem? Mesmo quem trabalha com registro em carteira deve ter uma previdência privada. Dessa maneira, cria um “colchão” a mais caso a renda propiciada pela previdência social não seja suficiente. Quanto mais cedo você começar a investir, menor será a parcela destinada a isso. Quanto mais tarde, maior ela será. Se tem entre 20 e 30 anos invista, no mínimo, 10% de sua renda líquida e terá uma aposentadoria tranquila. Após os 30, a situação começa a ficar mais preocupante. Se tem 30 anos e nem começou a investir, deveria destinar pelo menos 15% de seus rendimentos. E, se já chegou aos 40 e também não investe, separe 25%. Não entre em planos de aposentadoria se pretende utilizar os recursos para outros fins. Esses planos são muito caros e só fazem sentido se forem utilizados para o seu verdadeiro propósito. Se for economizar para trocar de carro, ou comprar um imóvel, prefira ou­tros tipos de aplicação, como fundos de investimento ou CDBs de renda fixa.

Tpm. Leio suas colunas, adoro, elas ressoam em mim, mas não consigo sair do lugar. Tenho vontade de fazer o que você diz, mas parece tudo tão distante da minha realidade... Minha conta vive negativa, e não consigo dizer não a um jantarzinho com a amiga. Como, de uma vez por todas, coloco ordem na minha vida financeira? Será que deveria procurar uma espécie de A.A. para pessoas como eu? Agradeço o apoio, mas o que escrevo são apenas palavras e argumentos lógicos que visam despertar nas pessoas o desejo de melhorar a relação com o dinheiro. Mas palavras e argumentos não são suficientes. Como você mesmo escreveu, parece tudo tão distante da sua realidade. A resposta para esse dilema é uma só. Tenha os seus objetivos financeiros. Poupar para o seu futuro é uma coisa, agora poupar para daqui a um ano comprar um carrão bacana com GPS e teto solar do tamanho do céu é completamente diferente. Crie pequenos objetivos relacionados ao seu dia a dia, como por exemplo: se você gosta de ir a restaurantes bacanas, economize por um mês a grana necessária para ir jantar no D.O.M. (pode ser caro, mas vale a pena). Nada de pagar no cartão de crédito. Faça esse exercício, esforce-se. Esse pode ser o primeiro passo. Gradualmente vá aumentando os seus objetivos.

*Daniel Balaban, 34, é economista e está aqui para te ajudar nas questões do bolso. Mande suas dú­vi­­das para cartas@revistatpm.com.br que ele te esclarece o complicado mundo das finanças

matérias relacionadas