por Luciana Carpinelli

Delícia sem glúten, low carb, prática e versátil

A última moda em receitas é a crepioca ou omelete de pão de queijo. Ela é uma omelete super fácil feita com um pouco de goma de tapioca que fica parecendo um crepe com gostinho de pão de queijo. Deu para entender? Resumindo, é uma mistura de um monte de coisas gostosas que fica saudável, sem glúten, low carb e com pouca gordura (claro que isso pode mudar de acordo com o recheio que você escolher, né?)

Ah, e sabe do melhor? Também dá para preparar uma versão doce, ótima para os dias de TPM mais braba ou então para variar o café da manhã.

Dica: A goma de tapioca é aquela farinha fina hidratada para ser feita na frigideira. Você pode comprá-la pronta ou então preparar em casa (veja como AQUI).


CREPIOCA SALGADA (omelete de pão de queijo/ pão de queijo de frigideira)

1 ovo
1 colher de sopa de goma de tapioca
1/2 colher de sopa de sementes de chia ou de linhaça
1 punhadinho de cebolinha picada (opcional)
Sal e pimenta do reino a vontade

Coloque todos os ingredientes em uma tigela e misture bem com um fouet ou um garfo mesmo.

Depois, é só aquecer uma frigideira antiaderente (se a sua não for, pode untar com um pouquinho de azeite ou de óleo de coco) e despejar a massa. Deixe dourar o lado de baixo, vire com uma espátula e recheie, se quiser. Quando o outro lado também estiver dourado, dobre a sua crepioca e delicie-se logo em seguida.

Sugestões de recheio salgado: Pode variar de acordo com a sua preferência. Algumas opções são ricota, legumes, carne moída, queijo branco ou cotage com peito de peru, etc.

Esta quantidade rende uma crepioca, que pode ser servida no café da manhã, como um almoço leve acompanhado de uma boa salada ou como um lanche rápido.

***

CREPIOCA DOCE (panqueca doce de tapioca)

1 ovo
1 colher de sopa de goma de tapioca
1/2 colher de sopa de sementes de chia ou de linhaça
1/2 colher de sopa de cacau em pó ou de alfarroba em pó (opcional)
Mel, agave ou adoçante a vontade (opcional)

Coloque todos os ingredientes em uma tigela e misture bem com um fouet ou um garfo mesmo. Eu gosto de usar o cacau em pó para variar, mas dá para fazer a massa branquinha. Como esta da foto eu servi com geleia, não usei nada para adoçar a massa.

Depois, é só aquecer uma frigideira antiaderente (se a sua não for, pode untar com um pouquinho de azeite ou de óleo de coco) e despejar a massa. Deixe dourar o lado de baixo, vire com uma espátula e recheie, se quiser. Quando o outro lado também estiver dourado, dobre a sua crepioca e delicie-se logo em seguida.

Sugestões de recheios doces: chocolate com calda de geleia de frutas vermelhas  (sem açúcar), mas você também pode variar, usando outras geleias, frutas frescas ou secas, creme de chocolate com abacate, pasta de amendoim etc. (e até Nutella ou doce de leite).

Esta quantidade rende uma crepioca, que pode ser servida no café da manhã ou como um lanche rápido.

Luciana Carpinelli é jornalista, não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas. Seu blog é o Cozinhando para 2 ou 1.


matérias relacionadas