por Juliana Sampaio
Tpm #110

Entre outras qualidades, mães solteiras não têm pressa de se casar nem de ter filhos


Há alguns anos, um grupo de amigas divorciadas e solteiras, todas já mães, comentava, entre uma risada e outra, como os homens são tontos por não enxergar as vantagens de se relacionar com mulheres que já têm filhos.

Como algumas delas eram blogueiras, surgiu a ideia de fazer uma campanha na internet para mostrar aos rapazes alguns bons motivos para fazer essa escolha. Foi assim que surgiu, lá nos idos de 2005, a bem-humorada campanha “Namore uma mãe solteira”, que até hoje circula por aí em blogs e outras redes sociais.

Para quem ainda não conhece, as diretrizes básicas dessa campanha são as seguintes
:

1. Mães solteiras não têm pressa de casar, porque já têm filho.
2. Mães solteiras não têm pressa de ter filho, porque já têm filho.
3. Mães solteiras não têm tempo de grudar no seu pé, porque já têm filho.
4. Se você quiser ter um filho, tudo bem, porque a mãe solteira já tem filho.
5. Se você não quiser ter filho, tudo bem também, porque a mãe solteira já tem filho.

Ou seja: mães solteiras são um ótimo partido, como já sabia muito bem o personagem do Hugh Grant em Um Grande Garoto (2002), lembram? Aquele que frequentava reuniões de pais – mesmo sem ter filhos – só pra conhecer mães solteiras.

Já que junho é mês dos namorados, aproveitamos este espaço pra reforçar nosso apoio a essa campanha, que começou com um grupo de amigas muito queridas (aliás, muitas delas hoje não estão mais solteiras – sinal de que a campanha funcionou mesmo). Afinal, namorar é tudo de bom e as mães também gostam!

matérias relacionadas