por Rafael Losso

O ator se derrete ao falar da amiga: ”Ela não só é uma das pessoas mais especiais em minha vida, como uma das melhores atrizes de sua geração”

"Me encantei por ela há quinze anos.

Foi quando, logo no início de uma aula de capoeira, reparei em uma menina morena com um gingado solto e um sorriso que, meus amigos... Quem a conhece pessoalmente sabe que o sorriso de Maria Laura Nogueira deixa o coração tranquilo. Sim, ela faz isso – e com um prazer que poucos têm. A Lau é do tipo de pessoa que gosta de ver todo mundo feliz e com naturalidade encanta todos a sua volta. Não é à toa, afinal, que ela brilha. 

Pra minha sorte, ela aceitou sair comigo. Acabou dando em namoro. E depois, nos tornamos grandes amigos - parceria rara hoje em dia. E a cada passo que ela dá como atriz, estou eu lá, admirando. Ela não só é uma das pessoas mais especiais em minha vida, como uma das melhores atrizes de sua geração. Criada no palco, tem a calma que faz com que todas as suas personagens tenham a complexidade necessária de cada tipo de gênero. Na comédia, no drama ou na tragédia, ela sempre surpreende.

VEJA TAMBÉM: Rafael Losso tira a roupa para a Tpm

Lau tem história na arte da interpretação. No CPT (Centro de Pesquisa Teatral), foi guiada por um dos melhores diretores de São Paulo, Antunes Filho. Depois, produziu e atuou na tragédia de Shakespeare Romeu e Julieta, com direção de Marcelo Lazzaratto. Sua Julieta deixou cada espectador com águas nos olhos. Ela também protagonizou o clipe de Romeo, de Thiago Pethit, seu grande amigo desde o tempo da escola de teatro. Pude desfrutar dessa parceria entre os dois uma vez bem de perto: ele nos dirigiu para uma peça curta de Tennessee Williams, Fala comigo doce como a chuva. Guardo esse momento com o maior carinho, de quando pude dizer a ela: 'fala, fala comigo doce como a chuva, e eu ficarei aqui...'. Ah, que saudade.

play

Na TV, Lau esteve nas minisséries JK Por toda a minha vida – Raul Seixas, e na novela Ciranda de Pedra, todas da Globo, e no seriado Descolados, da MTV, em que fazia a a melhor amiga da atriz Renata Gaspar. Claro, viraram melhores amigas na vida real: 'Ela é retardada igual a mim, então nos demos bem logo de cara. Mas sempre tivemos uma sintonia especial', comenta Renata, com elogios sem fim. 'Cada vez mais me surpreendo com o talento dela. É sensível, criativa, espontânea. Amo muito essa menina e tenho profunda admiração por ela', diz. 

'David Mamet [dramaturgo americano] diz que o ator em cena 'só' precisa olhar no olho do colega e dizer a verdade. Esse 'só' é irônico, pois é uma tarefa dificílima. Mas para Lau parece fácil ser e dizer a verdade em frente à câmera'. As palavras são de Vera Egito, diretora do filme Amores Urbanos, que estreia ainda este ano e é protagonizado por Maria Laura. Ela e Vera são parceiras desde o primeiro exercício de roteiro da diretora, quando ainda estudava na ECA/USP. 'Com uma beleza cinematográfica e uma latitude imensa, ela pode fazer o papel que quiser', completa.

ESCUTE: Rafael Losso no Trip FM

Então, Lau. Este último parágrafo não é sobre você, mas para você. Você é foda, aquele foda de coisa rara de se encontrar. Quebra tudo. Sei o quanto é guerreira e o quanto ainda vai encantar o mundo. 'Tamu junto'. Beijos!"

Créditos

Imagem principal: Paula Brandão

matérias relacionadas