por Nina Lemos

Amiga de verdade não fala ”verdades”, defende mesmo quando é impossível defender e sabe que amigas vêm antes do namorado

Eu tenho as melhores amigas do mundo. E uma dessas amigas diz que a gente não pode falar esse tipo de coisa, porque senão está falando que os nossos amigos são melhores que os dos outros. E ela está certa (como sempre). Mas, se eu tenho GRANDES amigas (e nunca, nunquinha nessa vida tive problemas em ter amiga mulher), deve ser porque sou boa amiga também. Então, me sinto com capacidade para escrever algumas dicas sobre como ser uma amiga do caralho (e ter amigas assim):

1 - Nunca fale verdades

Como disse uma vez a psicanalista Diana Corso, “quando uma pessoa te diz, 'tenho que te falar umas bobagens', prepare-se.” Sim, se prepare para ser magoada. As grandes verdades na maioria das vezes são para nos magoar e nos destruir mesmo. E não, não são para “o nosso bem”. Quem quer o nosso bem não nos destrói falando algo do tipo: “Tenho que te falar uma verdade, mas você precisa emagrecer”. Lembro de uma amiga que uma vez me disse no meio de uma balada: “ajeita a postura, você está corcunda”. Ela destruiu a minha noite naquele momento. O nome disso é bullying. E não, amiga boa não faz bullying.

2 - Só vale verdades quando a amiga falar antes

Se, por exemplo, sua amiga namora um babaca, não fale! É problema dela, maluquice dela. E, quem nunca? Mas se um dia ela finalmente enxergar e te falar que o namorado é um babaca, diga que concorda. E meta o pau nele com ela muito, muito. Principalmente quanto eles tiverem terminado. Se eles voltarem, fale para ela que tudo o que você disse foi esquecido e que ela que sabe. E fale mal de novo só quando eles terminarem de vez.

LEIA TAMBÉM: Todos os textos de Nina Lemos na Tpm

3 - Amigas antes, namorado depois

Desculpem os bofes. Mas, pensa. A gente é amiga de alguém há 20 anos! Isso significa que essa pessoa nos conhece muito mais que você, que está há dois. E, sim, elas são mais importantes para a gente do que vocês. Desculpem. Isso é uma coisa que muitas mulheres ainda não sabem e por isso perdem umas amigas pelo caminho. Mas a minha experiência prova que a verdade é essa. Então, se a sua amiga estiver com um problema e você tem um encontro com o namorado marcado, desmarque imediatamente e cuide da amiga. Óbvio.

4 - Não esconda delas projetos e boas novidades

Essa é uma das minhas "obsessês" atuais. Tenho problema sério com “amigas “ que não me contam coisas boas que estão para acontecer para “não melar”. Ou amigas que fazem tudo meio na surdina, contando só para o namorado, claro. Isso me desperta instintos assassinos. Sua amiga ouve todas as suas noticias de fundo do poço, veja bem! Ela merece notícias boas também. E se você acha que uma amiga vai jogar vodu, na boa, o que você está fazendo sendo amiga de uma feiticeira má? Fique sozinha no alto da montanha… e… não disse que isso me desperta instintos assassinos.

5 - Esteja sempre presente quando alguém morre

Não, não venha com esse papo de que “não escrevi porque não sabia o que dizer”. “Não telefonei porque não tinha palavras.” Não escreveu ou não telefonou porque teve medo de se confrontar com a morte. E não foi boa amiga. Amiga boa está perto, sim, quando a amiga perde alguém. Mande um e-mail nem que seja para dizer: “pensando em você, conte comigo”. Deixar passar em branco, nunca! 

6- E defenda as suas amigas, sempre!

Seja do namorado, seja de uma amiga que não é tão amiga, seja do chefe babaca, seja do bullying na internet. Defenda mesmo quando ela não tem razão. Amiga-sempre-defende. Repita. Esse é um mantra. Amiga defende mesmo quando "amiga, assim está ficando difícil te defender".

PS. Falo de amigas mulheres porque uma das minhas missões em vida é provar que esse mito de que mulher não consegue ser amiga da outra porque compete é uma babaquice criada pelo machismo, mas que muitas minas compram. As regras (que na verdade não são nem regras, mas toques) são as mesmas para amigos homens-irmãos.

Créditos

Imagem principal: Reprodução

matérias relacionadas