por Gregory Prudenciano
Tpm #167

Modelo respeitada, ela conquista a internet e desafia os estereótipos de sua profissão: “Tá na hora de acabar com esse padrão da modelo barbiezinha, que é só bonita e não pode se impor”

Você está passando pelo centro de São Paulo e vê uma garota invadindo o chafariz da rua Avanhandava, carregando no colo uma gata orelhuda, quase sem pelos. Há quem pare para ver. Há quem sussurre: "Ei, é aquela menina da TV!". E há também quem olhe para os lados esperando que nenhum guarda apareça – caso da equipe da Tpm, que perambulou pela região com Ellen Milgrau, modelo que faz sucesso nos editoriais e nas campanhas de marcas de moda e também no Instagram e no Snapchat por conta de seu jeito "zoeira" de ser.

LEIA TAMBÉM: A modelo Ellen Milgrau dá um rolê pelo centro de São Paulo e mostra as tendências

Ellen Milgrau, 23, foi descoberta por um olheiro aos 16 anos, quando matava aula num shopping. Resolveu fazer o teste e foi parar em Paris e na sequência em Milão. O começo foi difícil. "No início você praticamente paga para modelar", conta. Os parcos euros que ganhava eram investidos em cenouras – uma das únicas comidas de que ela gostava e que tinha condições de comprar. "Era bizarro. Eu não podia ficar 10 minutos no Sol que a minha pele já começava a alaranjar." Sua sorte mudou quando, aos 17, virou modelo de prova da Prada e, depois, exclusiva da Valentino. Aí começou a ganhar dinheiro de verdade. O primeiro cachê virou um videogame, o PSP, e ela confessa que não é muito de poupar. "Não consigo, não sei como começar", diz despreocupada.

Foi depois de retornar ao Brasil, há dois anos, que Ellen mergulhou nas redes sociais e começou a se tornar conhecida pela atitude "mil grau" – e o apelido nunca mais descolou. Diferentemente de como as modelos costumam se comportar, Ellen não dá bola para o papo de "preservar a imagem". Não vê problemas em posar para a câmera de seu iPhone deitada em uma caçamba de entulho ou em um colchão sujo abandonado na calçada. No Snap, também dá de ombros ao pudor e aparece bêbada, de ressaca, chorando no banheiro ou quando, a caminho da balada, se deixa filmar fazendo xixi na rua. "Tá na hora de acabar com esse padrão da modelo como a barbiezinha, que é só bonita e não pode se impor." Ellen reclama: "Me sinto objetificada sempre: por ser modelo, parece que não tenho o direito de opinar".

LEIA TAMBÉM: Sapatos feitos à mão custam mais caro, mas duram mais

Quando chegou ao Brasil, ela foi aconselhada a jogar fora toda a experiência adquirida no exterior e voltar a adotar o sobrenome natural (Melo). A explicação que recebeu à época: "Aqui as coisas são diferentes". "A equipe da agência queria se meter em tudo na minha vida, dizer como eu devia me portar e o que deveria vestir", conta. Em nome da liberdade, Ellen trocou de representante. "Acabei me revoltando com todas essas restrições, gente dizendo o que eu tinha que fazer, o que vestir, como agir… Que se danem, eu sou é milgrau mesmo e é isso." Assim, ninguém mais reclamou dos vídeos postados nas redes ou de suas tatuagens feitas em casa - por enquanto ela tem nove, todas pequenas e em vermelho (para ficar mais fácil de cobrir quando trabalha), entre elas o logo do Snapchat.

Da quebrada

O jeito despachado fez com que a garota nascida e criada no Jardim das Rosas, extremo leste da capital paulista, fosse convidada para integrar o time de apresentadores do programa Ridículos, da MTV, ao lado do blogueiro Hugo Gloss e do ator e apresentador Felipe Titto: "A escolha da Ellen foi fundamental para o sucesso do programa. Ela é muito autêntica, tem tudo para dar certo nesse mundo do entretenimento", declara Felipe.

Hoje, Ellen divide o apê no centro com a gata Abgail – a mesma que ela carregou para dentro do chafariz da Avanhadava. Antes de Abgail, sua companheira era Bacon, uma porca de estimação comprada como mini-pig – mas que cresceu muito além do "míni", chegando aos atuais 80 quilos, e teve que ser levada dali para o pet resort de uma amiga.

LEIA TAMBÉM: Conheça as marcas que apostam no vintage e nas peças artesanais

É quase impossível não ser arrastado para a zoeira de Ellen. O namorado atual, Leonardo – conhecido pelos seguidores da modelo como Jesus, por causa da barba e do cabelo longo –, teve que se adaptar para não perder a parceira. Ela conta que chegou perto de terminar o relacionamento porque a timidez do rapaz não combinava muito com seu jeito extrovertido de levar a vida. A prensa deu certo: "Jesus mudou da água pro vinho", conta, rindo.

Como Ellen Milgrau gostaria de ficar conhecida? "Uma pessoa da zoação, que batalha e é humilde. Sei de onde eu vim, as minhas raízes seguem sempre comigo."

Créditos

Imagem principal: Alex Batista

matérias relacionadas