por Paula Romano

De Jessica Jones a Game of Thrones, de Sense8 a Narcos, uma lista com as séries mais assistidas do momento

Demolidor
Se você gosta de super-heróis da Marvel, essa série é quase uma obrigação. Mesmo que o herói Matt Murdock não seja tão interessante quanto os seus vilões e cúmplices. Com um protagonista cego, mas muito habilidoso, a narrativa apresenta pontos de vista sobre desejo de poder, vingança, o amor por uma cidade e como usar com os sentidos além da visão; além de incríveis cenas de lutas pelos céus de Hell's Kitchen. Está na segunda temporada.

play

Jessica Jones
É uma série de super-heróis da Marvel, mas é realmente muito mais do que isso. A história sobre coragem, machismo, manipulação e empoderamento feminino, mostra sobre como uma vítima de abuso tenta superar o trauma. É uma metáfora de uma mulher forte, decidida, que sabe o seu lugar no mundo, mas que, depois de abusada, não consegue mais criar laços, principalmente amorosos, com outras pessoas. A narrativa usa – metaforicamente – a força de Jessica para ajudar as pessoas e lutar contra as mentes sombrias da sociedade. A segunda temporada já está confirmada.

play

Better Call Saul
Também conhecida como a série sobre o advogado mafioso de Breaking Bad, já está em sua segunda temporada e, certamente, tornou-se a herdeira da obra-prima de Vince Gilligan. E faz o trabalho sozinha, com uma força hipnotizante e fotografia de cair o queixo. O roteiro é bem escrito, cômico, os personagens são atraentes e as performances dignas de aplausos. Se você é um fã de Walter White, sua sequência espiritual é não vai te decepcionar.

play

Sense8
Série criada pelas irmãs Wachowski, de Matrix. Só por esse motivo já deve ser assistida por quem gosta de uma boa trama de ficção científica. Sense8 é bastante existencialista, centra-se na importância das conexões humanas de maneira filosófica, mas sem se afogar em sua própria profundidade. A série têm romance, ação, sexo, porrada, aventura e humor, além de uma bonita mensagem sobre diversidade. A segunda temporada está em produção, inclusive com cenas gravadas na última Parada do Orgulho LGBT, em São Paulo. 

play

LEIA TAMBÉM: José Padilha fala sobre Hollywood, cinema, Narcos e o Brasil

Narcos
A história de Pablo Escobar, conhecido como o maior traficante de drogas da Colômbia, é contada nessa série produzida pela Netflix e protagonizada por Wagner Moura. Por meio de diálogos entre mafiosos e seus interesses políticos e monetários, conhecemos como ele ergueu um império. A ascensão e a decadência de um homem, cujos objetivos são focados e as ações certeiras para se chegar onde se quer. A primeira temporada traz um pouco da história da América Latina, seus dissabores e polêmicas quando se trata de drogas e dinheiro. A segunda já tem estreia confirmada para o dia 02 de setembro.

play

House of Cards
Se você está, como a maioria dos brasileiros, espantado com a situação política do nosso país, uma maneira de tentar entendê-la melhor é vendo essa série. Frank Underwood, personagem principal interpretado por Kevin Space, é a representação do desejo de poder. A trama mostra como a ética política pode ser algo sugestionável quando os interesses vão muito além do bem estar do povo, e estão ligados a muito mais ao bolso e o ego dos envolvidos. Está na quarta temporada.

play

LEIA TAMBÉM: As séries The Get Down e Vinyl mostram a cena cultural da Nova York dos anos 70

Game of Thrones
Essa é quase unânime. Uma vez que você se dedicar a ver a primeira temporada até o fim, dificilmente, conseguirá parar de acompanhá-la. As questões abordadas em uma época próxima à idade média são muito parecidas com o que acontece nos tempos atuais. A história baseada nos livros As Crônicas de Gelo e Fogo, escritos por George R. R, falam da luta por um trono e uma guerra entre famílias, das quais todas (ou quase todas) se sentem no direito de estar acima do poder. Mortes, sexo, ganância, violência, guerra, misticismo, superpoderes, lealdade e traição são alguns dos temas da série de maior sucesso da atualidade. Está na oitava temporada.

play

Love
Sobre amor moderno e tempos líquidos. Sobre como é difícil se estabelecer em uma relação no século XXI. A série segue Gus e Mickey um casal estranho, mas tão real que você vai se identificar com um ou com o outro. Ele é um rapaz tímido, meio nerd, reservado, aspirante a escritor; ela uma garota com um temperamento forte, vícios e problemas existenciais. Os dois estão na casa dos 30 anos. Depois de um encontro ao acaso, eles tentam se encaixar na realidade um do outro e a série mostra como acontecem os erros quando queremos ser alguém que não somos. E como esse erro desencadeia outro erro e… outro. Love é uma história honesta sobre a realidade que é tentar seguir em frente depois de ter os corações partidos. Já está renovada para sua segunda temporada. 

play

Orange is the New Black
OITNB apresenta a história real de Piper Chapman, uma mulher cuja vida aparentemente perfeita vira de cabeça pra baixo quando ela tem que cumprir pena em um presídio feminino por um crime de tráfico de drogas cometido há anos. A quarta temporada está prestes a estrear e promete ser mais obscura do que as anteriores. Agora, Litchfield é uma prisão com foco em lucro e, consequentemente, será preenchida com novos personagens, novas ameaças e uma equipe de vigilantes muito mais intimidadora do que os antigos guardas.

play

How to Get Away with Murder
Drama estrelado por Viola Davis, como uma brilhante professora de Direito em uma universidade na Filadélfia. Junto de seus alunos, ela se envolve em uma trama de assassinato. Renovada para a terceira temporada, a série tem um tom obscuro e ritmo intenso, e a maioria dos personagens são moralmente ambíguos e egoístas, mas não se desculpam por isso, o que os torna mais interessantes e divertidos de assistir.

play

matérias relacionadas