por Gregory Prudenciano

Samu Team Brazil vence Liberty Challenge, em Nova York

Uma canoa, um flutuador preso a ela e uma equipe de 6 atletas muito concentrados. Isso descreve a Samu Team Brazil, equipe brasileira apoiada pela Trip Editora e que vem fazendo história nas competições de canoa havaiana pelo mundo. A conquista mais recente foi o primeiro lugar no Liberty Challenge, em Nova York, dia 11 de junho — prêmio que a equipe já tinha levado para casa ano passado. Os 24 quilômetros de prova foram feitos em em 1 hora e 58 minutos.

A conquista em NY é mais uma para a Samu, que em 2015 conseguiu o 10º lugar no Molokai Hoe, competição no Havaí que envolve as principais equipes de canoagem havaiana do mundo, com um percurso de mais de 60 quilômetros. Sérgio Prieto, o Serginho, um dos atletas do time, considera a boa posição no Molokai como a principal conquista.

A equipe brasileira tem 8 atletas que vencem grandes distâncias, desafios logísticos e financeiros para treinar e participar de dezenas de competições. Os treinos acontecem quase sempre na Represa de Guarapiranga, em São Paulo. Os integrantes vivem em estados diferentes e têm outras ocupações além da canoa havaiana. “Tem integrante que trabalha com esporte, que é o meu caso, e tem integrante que veste terno, trabalha em escritório”, comenta Serginho.

Como era de se esperar, as principais equipes de canoa havaiana são justamente do... Havaí, mas as da Polinésia Francesa, Nova Zelândia e Austrália também têm sua força. Nem por isso o Brasil deixa de ocupar boas colocações. Os bons resultados atingidos pela Samu colocam o país nos pódios da categoria e fazem frente aos times tradicionais. “No começo ninguém dava bola pra gente, mas agora chegamos nas competições e somos respeitados”, conclui, orgulhoso, Serginho.

É pra se orgulhar mesmo.

matérias relacionadas