por Redação

Vocalista do BaianaSystem e membro da banda Boogarins dão dicas do que fazer durante o Festival Coquetel Molotov na capital pernambucana

Há 13 anos, Recife é palco principal do festival No Ar Coquetel Molotov, que reúne artistas consagrados com nomes da cena independente. A edição deste ano acontece no próximo dia 22 de outubro. Há uma boa oportunidade para ver alguns dos shows mais falados de 2016, além de conhecer músicos e bandas que estão despontando.

Convidamos Russo Passapusso, vocalista do BaianaSystem, e Benke Ferraz, dos Boogarins, para darem dicas do que fazer na capital de Pernambuco durante o festival.

Russo Passapusso

Um restaurante: "O restaurante Parraxaxá, pra comer o melhor da comida regional"

Uma loja de vinil: "Disco de Ouro, um dos melhores acervos de discos de Recife"

Um boteco pra ir à noite: "O Lisbela e Prisioneiros Bar, lugar aconchegante, com música ao vivo e comida maravilhosa"

Um passeio imperdível:A região de Recife Antigo, o Cais do Porto, o bairro de São José e o Pátio de São Pedro. São perfeitos para contemplar o visual da cidade e suas construções centenárias.”

Um lugar pra fazer compras: "Vá na rua de Santa Rita, no bairro de São José, cheia de lugares para comprar roupas e acessórios"

Duas atrações do festival Coquetel Molotov: “Quero ver o show de Céu, 'Tropix', e conhecer mais sobre a Rakta.”

Benke Ferraz (Boogarins)

Uma comida típica: "Em nosso primeiro jantar em Recife, em 2013, comemos uma carne de bode no clássico restaurante Entre Amigos. Voltamos outras vezes com a banda, mas já perdi as contas de quantas vezes almocei lá."

Um boteco: "O Texas Café Bar não é bem um boteco, mas vende cerveja e quase sempre rola uma banda ou um DJ tocando de graça. O Boogarins fez uma sessão de improviso lá uma vez e foi do caralho."

Um passeio: "Olha, esse é bem roteiro de 'turistão', mas indicaria fazer o passeio de barco do Catamaran. Fiz uma vez com minha namorada, que mesmo sendo de Recife nunca havia feito o passeio também. É legal ver parte do Recife Antigo por esse ângulo (da água)."

Para comprar: "Recomendo ir ao Mercado de Boa Viagem. Já comprei de tudo lá: queijo coalho, castanhas, chinelo, velcro, pegador de rede, reco-reco... Se você chegar lá bem cedinho é capaz de ver o pessoal da peixaria tomando café no mesmo balcão em que se cortam os peixes."

Três atrações do festival Coquetel Molotov: "Seguindo a ordem do lineup, quero assistir Tagore, artista de Recife que estará lançando um disco novo. Também indico a francesa MOODOID, que é um dos grandes nomes da infame neo-psicodelia e promete ser um dos meus shows favoritos no dia 22. Por último, estou muito curioso com a Phalanx Formation, também de Recife. Esse duo lançou há alguns meses um disco bem surpreendente, com muitos elementos distintos e flertando com quase tudo o que me agrada na música eletrônica. Animado pra ver como isso vai funcionar no palco."

Vai lá: coquetelmolotov.com.br

Créditos

Gustavo Vargas - Divulgação

matérias relacionadas